Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O Parlamento Europeu é o único órgão da União Europeia eleito por sufrágio universal direto e uma das maiores assembleias democráticas do mundo. Os deputados são eleitos por cinco anos pelos eleitores de todos os Estados-Membros e representam todos os cidadãos da UE.

Eleições Europeias 2019 - Informação ao Eleitor

Eleições Europeias 2014 - Resultados
Parlamento Europeu
Comissão Europeia
Eleições Europeias 2014 - Informação ao Eleitor
Eleições Europeias 2014 - Portugal, 25 Maio

Porquê votar

O Parlamento Europeu toma grandes decisões: como desenvolver a economia, como reduzir o consumo de energia, como garantir que os alimentos que consumimos são seguros. Quando vota, escolhe quem toma estas decisões e o que elas significam para o tipo de mundo em que quer viver. Se não votar, não tem voto na matéria.

O mundo enfrenta muitos desafios, da migração às alterações climáticas. Mas, quando os problemas são partilhados, é mais fácil encontrar soluções. A nossa União lidera na inovação e no investimento, necessários, por exemplo, para lutar contra as alterações climáticas. E trabalha no sentido de proteger o nosso modo de vida e a nossa privacidade. O seu voto confere-lhe a força necessária para o fazer.

À nossa volta, vemos como as inverdades não contestadas podem transformar a diversidade em divisão. E como a democracia pode ser frágil. A nossa União assenta num respeito comum pelos direitos fundamentais e pelos princípios democráticos. O seu voto constitui a sua reivindicação desses direitos, para si e para os outros.

Abstenção, voto branco ou voto nulo

Em Política, abster-se significa negar-se ou eximir-se de fazer opções políticas. Abster-se do processo político poderá ser visto como uma forma de passividade, numa atitude aceite por anarquistas e condenada por democratas. A abstenção poderá ser encarada como uma "cegueira social" desencadeada por fatores externos aos cidadãos, mais do que uma recusa de participação ou uma irresponsabilidade. Num Estado "democrático" a abstenção deverá ser analisada no sentido de promover a inclusão social e a participação das populações na política.

Fonte (adaptação livre): Wikipédia - "Abstenção"

Abstenção é não participar numa votação, num processo eleitoral ou num referendo. Ela pode refletir um total desinteresse pela vida pública ou uma escolha política ativa e consistente de mostrar discordância. A abstenção pode traduzir uma crise de representação e pode questionar a legitimidade do poder político eleito com baixa participação.

O voto branco consiste em depositar numa urna de voto um envelope vazio ou um boletim de voto não preenchido. Este tipo de voto indica uma vontade de se demarcar ou distinguir da(s) proposta(s) eleitoral(ais). Votos em branco não são considerados na contagem da votação.

O voto nulo corresponde a boletins de votos que tenham algum tipo de estrago (rasgados, riscados, desenhados, anotados, entre outros), sendo, por vezes, de difícil interpretação. O eleitor poderá não ter tido a intenção expressa de votar de forma nula ou, então, depositou voluntariamente um boletim de voto nulo para expressar oposição aos candidatos e programas apresentados. Estes boletins não podem ser considerados para efeitos de votação.

Fonte (tradução/adaptação livre): "Abstention, vote blanc et vote nul: quelles différences?"

Como e onde votar

Para saber o seu número de eleitor e o seu local de voto ver informação no artigo Eleições Europeias 2019 - Informação ao Eleitor.

Em quem votar

Tendo em vista o envolvimento dos cidadãos europeus nestas eleições para o Parlamento Europeu, e uma vez que se estará a eleger "grupos políticos e/ou ideológicos", mais do que partidos políticos, foram disponibilizadas 3 aplicações virtuais "apartidárias" (questionários online) que permitem perceber as opiniões dos partidos políticos sobre diversas matérias e, por consequência, aquelas que mais se aproximam das convicções e/ou ideologia política do eleitor.

Estes "auxiliares de votação" têm por base as respostas dos partidos políticos a algumas dezenas de perguntas sobre várias temáticas que foram organizadas sob forma de questionário. Este poderá servir de ferramenta de ajuda ao eleitor no que toca a posicionar-se no contexto dos vários partidos e/ou ideologias em campo.

No final do preenchimento do questionário o eleitor poderá consultar os indicadores de afinidade e de proximidade ideológica, podendo este exercício tornar mais fácil a decisão e a escolha. Alguns dos questionários permitem ao eleitor ponderar o peso de cada uma das perguntas e autoavaliar-se em termos de proximidade partidária e/ou ideológica.

Ver questionários nos links em baixo:

4000 Caracteres remanescentes


As tabelas de retenção na fonte em sede de IRS para 2020 foram disponibilizadas pela Autoridade Tributária a 21 de janeiro de 2020 e aplicam-se ao pagamento dos salários a partir de janeiro de...

Comentários Recentes

Anónimo
3 horas 34 minutos

Existe pouca probabilidade de estar grávida, mas sugerimos que faça um teste de gravidez cerca de 1 mês após as relaçõe ...

Rayssa
3 dias 18 horas

Então brincamos de esfregar as partes íntimas,eu estava no meu período fértil e sem camisinha. Mas ele nao gozou ou penet ...

Rita
4 dias 7 horas

Bom dia, estou em horário de amamentação e trabalho 5horas seguidas se trabalhar o sábado e 6horas seguidas na semana se ...

Jose Silva
6 dias 23 horas

Boa tarde, Tento ligar mas esta difícil, pedi a minha reforma em 21-02-2019 e já recebi uma carta com as condições em 06 ...

Manuel Freitas
7 dias 1 hora

A "licença de casamento" deve incluir o dia do casamento e contabiliza-se em dias consecutivos/seguidos.