Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Uma entrevista de emprego em situação de desemprego de longa duração pode ser difícil, mas existem formas de "contornar" algumas questões colocadas pelo entrevistador, de forma a que não se sinta envergonhado ou que fique sem resposta.

Preparar-se para a entrevista e procurar montrar que tem estado ativo são a melhor "arma/defesa". Aqui ficam algumas dicas para respostas numa entrevista de emprego em situação de desemprego de longa duração.

Questão: Porque deixou o seu último emprego?

Esta pergunta não tem uma "boa resposta", sendo ideal que se diga a verdade e que se evite comentários depreciativos sobre o último emprego, empregador ou empresa. Evidencie os pontos positivos das anteriores ou da última experiência laboral.

Questão: Porque está há tanto tempo desempregado? ou Porque não conseguiu ainda encontrar emprego?

Esta pergunta poderá ser respondida pela demonstração de que está ativo. O entrevistador poderá valorizar factos como estar à procura de emprego e de novas oportunidades, ter colaborado em projetos (de que tipo e em que funções) ou feito voluntariado, a ativação do seu networking, se está atento aos sites de emprego, se se mantém a par das notícias nos meios de comunicação ou outras formas de pró-atividade.

Questão: O que faz para ocupar o tempo?

Esta pergunta tem uma resposta que envolve todas e quaisquer formas de valorização das suas qualificações e competências, numa "aposta no crescimento pessoal e profissional", seja por via da formação académica e/ou profissional, formação em línguas estrangeiras ou formação vocacional temática e/ou específica, entre outras vias de melhoria do seu currículo.

Questão: O tempo que esteve parado “enferrujou-o” profissionalmente?

Esta pergunta tem uma resposta claramente negativa. Procure demonstrar que houve espaço para reciclagem de conhecimentos e/ou novas aprendizagens sobre temáticas recentes/emergentes (por via de leitura, investigação, participação em formações, seminários, workshops, etc.) e que manteve contacto com amigos e/ou outros profissionais a trabalhar na mesma área de atividade profissional.

4000 Caracteres remanescentes


Em 2013, houve alterações à legislação laboral (Código do Trabalho) que regulamenta a marcação de férias. Veja aqui como proceder para contabilizar, marcar e alterar os dias de férias em...

Comentários Recentes

Manurl Conceição Costa
7 horas 15 minutos

Patrão fechou portas por motivo do coronavírus e mandou- me para casa com licença sem vencimento está lei ou não.

Manuel Conceição Costa
7 horas 26 minutos

Patrão fechou portas por motivo coronavírus e mandou-me para casa com licença sem vencimento ele pode fazer isso.

Manuel Conceição Costa
7 horas 37 minutos

Patrão fechou portas e mandou-me para casa com licença sem vencimento pode fazer isso por por causa do coronavírus.

Anónimo
13 horas 49 minutos

Bom dia, Devido ao falecimento do meu pai, estive três dias sem apresentação ao trabalho mas a comunicação foi feita no ...

Anónimo
13 horas 50 minutos

Há faltas que, muito embora justificadas, não são remuneradas. As motivadas por falecimento de familiar estão nesta categ ...