Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Segundo a empresa Kelly Services, operadora no setor de Gestão de Recursos Humanos que disponibiliza serviços em todo o mundo nas áreas de trabalho temporário, recrutamento, outsourcing e consultoria, o mundo do recrutamento está a mudar e as entidades de recrutamento em Portugal já utilizam as redes sociais para encontrar potenciais candidatos para algumas das maiores organizações a nível mundial.

A Kelly Services dá um conjunto de dicas, que reproduzimos (literalmente) em baixo, para os candidatos a empregos que queiram estar presentes no LinkedIn, uma vez que, segundo a empresa, este site tem vindo a tornar-se cada cada vez mais importante para assegurar que os candidatos estão a ser vistos por potenciais empregadores e recrutadores.

Dez dicas importantes para a criação de um perfil: utilizar o LinkedIn para aumentar a possibilidade de sucesso quando procura emprego:

1. Preencha o seu perfil a 100%

O LinkedIn permite verificar de forma clara o grau de preenchimento do seu perfil. É do seu interesse completar o seu perfil a 100%. Inclua o seu percurso profissional presente e passado, uma síntese, competências que tiver adquirido, etc. O LinkedIn indica-lhe o que deve preencher para chegar aos 100%.

2. Publique uma fotografia profissional no seu perfil

Uma fotografia profissional é definida como um retrato onde aparece a sua cabeça e ombros. Dois motivos para seguir este conselho: 1. Aumenta a sua credibilidade 2. Torna o seu perfil mais profissional.

3. Preencha a sua função e uma síntese do mesmo

A designação da sua função terá de ser verdadeira – os recrutadores irão verificar. A sua síntese deverá ser curta, concisa, com dois ou três parágrafos que deverão dar resposta a 3 perguntas básicas: Quem é? O que faz e para Quem o faz? Na sua síntese utilize palavras-chave que o possam ajudar a ser encontrado numa pesquisa realizada no LinkedIn.

4. Preencha as suas experiências anteriores e áreas de especialização

As especializações deverão dar resposta a esta pergunta: O que faz de si um profissional único, diferente de todos os outros, na sua área de trabalho?

5. Siga os especialistas do sector

Ao seguir os especialistas do sector irá manter-se actualizado acerca das últimas novidades, tópicos e pensamentos dos líderes desta área de actividade. Desta forma estará sempre actualizado e preparado para quaisquer entrevistas.

6. Inscreva-se em vários grupos

O LinkedIn é sobretudo conhecido pelos seus grupos. Os grupos podem ser privados ou públicos. Descubra quais os que têm interesse para si para trabalhar em rede, partilhar experiências e em que grupos pode efectuar aprendizagens e apresentar as suas opiniões.

7. Obtenha recomendações da empresa onde trabalha ou de empresas anteriores nas quais trabalhou

Recomendações são sinónimo de boas referências. As recomendações proporcionam aos recrutadores perspectivas sobre aquilo que é como pessoa, sobre a sua ética profissional, etc.

8. Seja activo/a

Tal como num website, o seu perfil terá maior probabilidade de ser visto se tiver uma participação activa e se efectuar actualizações periódicas. Certifique-se que utiliza todas as ferramentas disponíveis para manter o seu perfil actualizado e utilize a barra de estado para efectuar comentários acerca de notícias de interesse para o sector.

9. Edite os websites de forma a serem nomes reais de websites em vez de surgir “Website da empresa”

Muitas vezes encontramos "Website da Empresa" dentro da secção Websites. Altere esta designação genérica para o nome da sua empresa, blog ou nome no Twitter.

10. Promova-se!

Utilize o LinkedIn para se tornar um membro activo da comunidade online relevante para o seu sector de actividade. Participe em debates de grupo, analise documentos de referência e procure estabelecer contactos com potenciais empregadores através destes métodos. Desta forma poderá destacar-se face ao percurso tradicional do simples envio de um CV e esperar que o mesmo vá parar à secretária certa.

Fonte: http://www.kellyservices.pt/

Rui Quintas
Sem dúvida que as redes sociais e neste caso o LinkedIn, podem ser uma valia importante na procura ativa de emprego e as dicas em cima são para seguir.

4000 Caracteres remanescentes


Em 2013, houve alterações à legislação laboral (Código do Trabalho) que regulamenta a marcação de férias. Veja aqui como proceder para contabilizar, marcar e alterar os dias de férias em...

Comentários Recentes

Manurl Conceição Costa
6 horas 22 minutos

Patrão fechou portas por motivo do coronavírus e mandou- me para casa com licença sem vencimento está lei ou não.

Manuel Conceição Costa
6 horas 33 minutos

Patrão fechou portas por motivo coronavírus e mandou-me para casa com licença sem vencimento ele pode fazer isso.

Manuel Conceição Costa
6 horas 44 minutos

Patrão fechou portas e mandou-me para casa com licença sem vencimento pode fazer isso por por causa do coronavírus.

Anónimo
12 horas 55 minutos

Bom dia, Devido ao falecimento do meu pai, estive três dias sem apresentação ao trabalho mas a comunicação foi feita no ...

Anónimo
12 horas 56 minutos

Há faltas que, muito embora justificadas, não são remuneradas. As motivadas por falecimento de familiar estão nesta categ ...