Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

LIVRO I - Parte geral

TÍTULO II Contrato de trabalho

CAPÍTULO I - Disposições gerais

SECÇÃO IX Modalidades de contrato de trabalho

SUBSECÇÃO V Teletrabalho

Artigo 166.º - Regime de contrato para prestação subordinada de teletrabalho

Índice: Código do Trabalho (Online) em vigor desde 2009

1 — Pode exercer a actividade em regime de teletrabalho um trabalhador da empresa ou outro admitido para o efeito, mediante a celebração de contrato para prestação subordinada de teletrabalho.

2 — Verificadas as condições previstas no n.º 1 do artigo 195.º, o trabalhador tem direito a passar a exercer a actividade em regime de teletrabalho, quando este seja compatível com a actividade desempenhada.

3 — Além das situações referidas no número anterior, o trabalhador com filho com idade até 3 anos tem direito a exercer a atividade em regime de teletrabalho, quando este seja compatível com a atividade desempenhada e a entidade patronal disponha de recursos e meios para o efeito.

4 — O empregador não pode opor -se ao pedido do trabalhador nos termos dos números anteriores.

5 — O contrato está sujeito a forma escrita e deve conter:

a) Identificação, assinaturas e domicílio ou sede das partes;

b) Indicação da actividade a prestar pelo trabalhador, com menção expressa do regime de teletrabalho, e correspondente retribuição;

c) Indicação do período normal de trabalho;

d) Se o período previsto para a prestação de trabalho em regime de teletrabalho for inferior à duração previsível do contrato de trabalho, a actividade a exercer após o termo daquele período;

e) Propriedade dos instrumentos de trabalho bem como o responsável pela respectiva instalação e manutenção e pelo pagamento das inerentes despesas de consumo e de utilização;

f) Identificação do estabelecimento ou departamento da empresa em cuja dependência fica o trabalhador, bem como quem este deve contactar no âmbito da prestação de trabalho.

6 — O trabalhador em regime de teletrabalho pode passar a trabalhar no regime dos demais trabalhadores da empresa, a título definitivo ou por período determinado, mediante acordo escrito com o empregador.

7 — A forma escrita é exigida apenas para prova da estipulação do regime de teletrabalho.

8 — Constitui contra-ordenação grave a violação do disposto no n.º 3 e constitui contra-ordenação leve a violação do disposto no n.º 4.

Consulte

Histórico de alterações: Artigo 166.º - Regime de contrato para prestação subordinada de teletrabalho

Índice: Código do Trabalho (Online) em vigor desde 2009

augusta
qual a forma de realizar pedido de transição para teletrabalho e o prazo
boa tarde,

gostaria de saber qual a forma de solicitar à empresa transição para o teletrabalho e o prazo dentro do qual esse pedido deve ser feito.

obrigada

Beatriz Madeira
Em matéria de "Teletrabalho" consultar os artigos 165 a 171 do código do trabalho em vigor, aprovado pela Lei 7/2009 de 12 Fevereiro, na redação atual (em http://sabiasque.pt/codigo-do-trabalho.html). Os artigos 166 e 167 esclarecem sobre o procedimento para contratação e/ou passagem ao "Regime de contrato para prestação subordinada de teletrabalho".

Sendo a referida legislação omissa quanto a "prazo dentro do qual esse pedido deve ser feito.", admite-se que o pedido possa ser efetuado em qualquer altura, sem obrigatoriedade de cumprimento de prazos.

Sergio
Regime teletrabalho parentalidade
Por favor podem indicar-me como pedir o regime de teletrablho no caso da lei de parentalidade?

E se possível podem esclarecer também esta parte: "8 — Constitui contra-ordenação grave a violação do disposto no n.º 3 e constitui contra-ordenação leve a violação do disposto no n.º 4." . Quer dizer que se o empregador se opor ao pedido de um pai que tem direito ao regime de teletrabalho, é considerado contra-ordenação leve?

Obrigado.

4000 Caracteres remanescentes


Segurança Social

Segurança Social: Datas de pagamento dos subsídios sociais e pensões em março de 2021

A Segurança Social publicou as datas para o pagamento dos subsídios sociais e familiares e pensões para março. Segurança Social: Datas de pagamento dos subsídios sociais e pensões em...

Comentários Recentes

José Vasco Baleijo
15 horas 29 minutos

Boa noite estou a receber uma pensão vitalícia de uma seguradora e agora pedi reforma por invalidez da Segurança Social qu ...

Marco Rodrigues
2 dias 22 horas

Bom dia. Fui contratado a 26 de Agosto de 2020 com contrato de 6 meses. A 25 de Fevereiro de 2021 (6 meses depois) o contrato ...

Ana
4 dias 3 horas

o artigo 251º em relação aos sogros apenas considera justificadas quando haja casamento. Se lerem atentamente o numero 2 d ...

Jorge
6 dias 17 horas

Se o artigo serve para justificar faltas por luto, porque é que justificar os dias que não se está a trabalhar? O legisla ...

Manuel
7 dias

1. A a licença de casamento são faltas justificadas. Se a empresa lhe impôs legalmente férias num determinado período, e ...