Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Em 2013, por ocasião do Dia da Mãe, o Instituto Nacional de Estatística (INE) traçou o retrato estatístico das mães que vivem com os filhos. À luz da informação proporcionada pelos Censos 2011, verifica-se que, em Portugal, mais de dois milhões de mães ainda vivem com os filhos.

Código do Trabalho - Artigo 35.º - Protecção na parentalidade

Código do Trabalho - Artigo 33.º - Parentalidade

Logo INEDe acordo com a informação disponibilizada pelo INE, tendo em conta os Censos 2011, residiam em Portugal 5.515.578 mulheres, das quais 2.014.048 eram mães a viver com filhos, nomeadamente: 1.365.532 em casais; 138.144 em união de facto; 416.343 em núcleos monoparentais de mãe; e 94.029 em “casais reconstituídos”.

À data dos Censos 2011, a idade média destas mães era de 45,6 anos e viviam, em média, com 1,5 filhos. Os dados demostram que, na última década, registou-se um aumento de 36,1% no que se refere a núcleos familiares monoparentais, em que o(s) filho(s) vivem com a mãe. No mesmo período, assistiu-se igualmente ao aumento dos núcleos familiares reconstituídos, com filhos de relacionamentos conjugais anteriores

Esta análise pode ser consultada em detalhe no site do INE e estende-se pela análise estatística dos vários tipos de núcleos familiares, a mãe e os filhos, a mãe e o tipo de relacionamento com a família, demonstrando, entre outros aspetos, que a idade das mães no nascimento do primeiro filho tem vindo a aumentar. Em 2001, a mulher era mãe pela primeira vez aos 26,8 anos e, em 2011, a maternidade surge aos 29,2 anos.

Resumo

A idade das mães ao nascimento do primeiro filho tem vindo a aumentar. Em 2001 era-se mãe pela primeira vez aos 26,8 anos. Em 2011 a maternidade surge mais tarde, só aos 29,2 anos.
Em Portugal, 2 014 048 Mães viviam com os filhos/as, à data dos Censos 2011. A idade média destas Mães era de 45,6 anos. Na sua maioria eram casadas e viviam, em média, com 1,5 filhos.
Cerca de 74,7% das Mães vivia em núcleos familiares de casal só com filhos/as comuns.
Na última década, registou-se um aumento assinalável (+36,1%) de núcleos familiares monoparentais, em que os/as filhos/as vivem com a Mãe.
No mesmo período, assistiu-se ao aumento dos núcleos familiares reconstituídos, com filhos de relacionamentos conjugais anteriores. Em 47,9% destes núcleos existiam filhos apenas da Mãe.

4000 Caracteres remanescentes


De acordo com o Portal do Eleitor: "Portugal é um Estado de direito democrático, baseado na soberania popular, no pluralismo de expressão e organização política democráticas e o...

 

Comentários Recentes

Maria Teresa
8 horas 41 minutos

Venho por este meio solicitar que me enviem a minuta de proposta de acordo de pré reforma, caso seja possível. Cumprimento ...

Anónimo
22 horas 11 minutos

Bom dia, estou registada na Segurança Social Direta. E tentei adquirir o Cartão de Saúde Europeu através do site a até a ...

Maria do Céu
1 dia 1 hora

Necessito de declaração passada pelos serviços do Inst. Seg. Social para renovação do cartão de beneficiário da ADSE. ...

Abilio
1 dia 20 horas

foi reformado por velhice em junho de 2017, com 66 anos e 3 meses com uma reforma de 285.93 mensal requeri o complemento par ...

Virgilio
1 dia 21 horas

Por favor poderiam informar a data de pagamento da Pensão da Seg Social de Junho 2019? É que este mês o dia 8 de Junho ...