Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Foi publicada, dia 31 de Dezembro de 2009, em Diário da República, a Portaria n.º 1457/2009, que actualiza o valor de referência e o montante do Complemento Solidário para Idosos e revoga a Portaria n.º 1547/2008. Esta medida entra em vigor no dia 1 de Janeiro de 2010.

Logo Diário da RepúblicaDe acordo com a Portaria n.º 1457/2009, de 31 de Dezembro Portaria n.º 1457/2009, de 31 de Dezembro (172.38 KB), já a partir de 1 de Janeiro de 2010 será actualizado “o valor de referência do complemento solidário para idosos e o montante do complemento solidário atribuído em 1,25 %”.

De acordo com o diploma, esta medida tem em vista “garantir a manutenção de um limiar mínimo de rendimentos dos pensionistas com 65 ou mais anos, contribuindo para o combate as situações de pobreza e as desigualdades sociais”.

Segundo a Portaria, o valor de referência “é actualizado pela aplicação da percentagem de 1,25 %, fixando-se o mesmo a partir de 1 de Janeiro de 2010 em € 5022”, e na mesma medida “o montante de Complemento Solidário para Idosos atribuído é actualizado pela aplicação da percentagem de 1,25 % de aumento”.
O novo diploma vem revogar a Portaria n.º 1457/2009, de 31 de Dezembro Portaria n.º 1457/2009, de 31 de Dezembro (172.38 KB), e “produz efeitos a partir do dia 1 de Janeiro de 2010”.

Data: 31-12-2009

Fonte: Portal do Cidadão com Diário da República

 

sandra
pensao social
a minha mãe sempre viveu do que dava a terra e nunca descontou para a segurança social ou casa do povo como diziam os antigos vai fazer 66 anos no próximo mês e sempre disse que se chegasse á idade da reforma que não tinha direito a nada. eu gostava de saber se existe algum tipo de apoio para pessoas nesta situação e o que devo fazer para que ela se possa candidatar a tal
Beatriz Madeira
Caro Eugénio Dias,

O Sabias Que é um serviço distinto da Segurança Social, pelo que lamenta não poder responder à questão que coloca, uma vez que a informação que pretende depende exclusivamente daquele serviço.

Sugerimos que ligue para o VIA Segurança Social e lhes coloque a questão directamente. O número é o 808 266 266 e funciona todos os dias úteis das 08h00 às 20h00, com o custo de chamada local a partir de rede fixa em Portugal. Quando telefonar tenha consigo o seu número de beneficiário.

Eugenio Dias
68
Elementos para avaliação:
Idoso que não fez descontos para a SS (Abrangido pelo regime não contributivo);
casado com pensionista por invalidez que aufere uma pensão de 407,10 E/mês;
Não usufrui de qualquer rendimento, não tem património;
requereu há dias na SS atribuição de pensão social e csi.
Gostava que me esclarecessem das probabilidades de ver satisfeito os pedidos e a previsão do montante a atribuir mensal/anual (pensão social e csi)
Fico-lhes muito agradecido pelas informações que se dignarem prestar-me. Cordiais cumprimentos Eugenio Dias

4000 Caracteres remanescentes


Username e Password

Criar uma Senha Segura

Clique no botão "Criar Senha Segura" para lhe apresentarmos uma senha forte que pode usar nas suas contas para permanecerem seguras.

Comentários Recentes

Eu
15 horas 43 minutos

Nesse caso divide as 8 horas por 6 dias... Digo eu, pela lógica... Mas... também gostaria de saber, com certeza,

CONCEIÇÃO GAMEIRO
5 dias 15 horas

Bom dia, Podem por favor esclarecer se o Horário a querer implementar na Empresa está correto? 9.30H saída ás 12.30H P ...

Manuel Rodrigues
10 dias 13 horas

bom dia Sra Beatriz, como entidade patronal surgiu uma situação de mau comportamento de um dos funcionários. como posso ap ...

Márcio
16 dias 9 horas

Sou vigilante e trabalho numa portaria 24h. Suponhamos que estou escalado para fazer o turno das 16h. ás 24h. O colega falta ...

Pedro
16 dias 14 horas

Boa tarde, Tendo a isenção de horário os feriados obrigatórios que tenha que ir trabalhar estão incluídos na isenção ...