Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Altera os n.os 4.º e 5.º e adita um número 4.º-A à Portaria n.º 1078/83, de 31 de Dezembro, que regulamenta as condições de concursos públicos para adjudicação do fornecimento de refeições nos refeitórios afectos aos serviços sociais da administração central.

Portaria n.º 845-A/84
de 2 de Novembro
As Portarias n.os 1078/83, de 31 de Dezembro, e 145-A/84, de 12 de Março, regulamentaram as condições dos concursos públicos para adjudicação do fornecimento de refeições em 1984.

Verificando-se a necessidade de aperfeiçoar o processo desses concursos, designadamente quanto à participação da CIASC e à clarificação dos encargos dos serviços e obras sociais, ora se procede às necessárias alterações e aditamentos.

Nestes termos, ao abrigo do n.º 1 do artigo 8.º do Decreto-Lei n.º 57-B/84, de 20 de Fevereiro:

Manda o Governo da República Portuguesa, pelos Secretários de Estado da Administração Pública e do Orçamento, o seguinte:

1.º São alterados os n.os 4.º e 5.º da Portaria n.º 1078/83, de 31 de Dezembro, e aditado um n.º 4.º-A, que passam a ter a seguinte redacção:

4.º O custo dos géneros incorporados será determinado com base nos preços de grossista ou de reprodutor fornecidos pelos competentes serviços do Ministério do Comércio e Turismo e por outras entidades com preços iguais ou inferiores àqueles, sendo a incidência desse custo no preço base global da refeição estimada em 65%.

4.º-A O preço base global da refeição será fixado anualmente por despacho conjunto dos Secretários de Estado da Administração Pública e do Orçamento.

5.º Compete à CIASC, em colaboração com a DGAFP, apoiar os serviços e organismos da Administração no exercício das suas competências em matéria de fornecimento de refeições e de funcionamento de refeitórios destinados aos trabalhadores da Administração Pública, bem como colaborar nos estudos a empreender pela DGAFP para a determinação do montante da caução provisória, do preço base global da refeição, do custo dos géneros incorporados na refeição e dos preços das refeições e suas revisões.

2.º São aditados os n.os 23, 24 e 25 ao programa do concurso tipo e o n.º 4.9 às cláusulas jurídicas e técnicas especiais do caderno de encargos, anexos à Portaria n.º 1078/83, de 31 de Dezembro:

23 - As propostas apresentadas para a globalidade dos refeitórios de cada obra ou serviço social deverão conter obrigatoriamente os preços globais e os parcelares por refeitório, podendo a adjudicação ser feita global ou parcelarmente.

24 - Nas propostas a apresentar pelos concorrentes deverá ser especificado o número de trabalhadores por refeitório, o qual será correspondente ao número de refeições a fornecer.

25 - Os concorrentes só poderão apresentar um preço único por refeição, com base na previsão do fornecimento de refeições, podendo o contrato ser revisto quando se verificarem variações que excedam 20%, para mais ou para menos, daquela previsão.

4.9 - Os encargos com água, luz e gás são por conta do adjudicante.
3.º A presente portaria entra em vigor no dia seguinte ao da sua publicação.
Secretarias de Estado da Administração Pública e do Orçamento.
Assinada em 31 de Outubro de 1984.
O Secretário de Estado da Administração Pública, José Manuel San-Bento de Menezes. - O Secretário de Estado do Orçamento, Alípio Barrosa Pereira Dias.

4000 Caracteres remanescentes


Conchas e Areia

Marcação de Férias Laborais em 2020

O Governo adiou o prazo para marcação de férias até 10 dias após o final do estado de emergência. férias Laborais - Marcação de férias desde 2013

Comentários Recentes

CONCEIÇÃO GAMEIRO
2 dias 19 horas

Bom dia, Podem por favor esclarecer se o Horário a querer implementar na Empresa está correto? 9.30H saída ás 12.30H P ...

Manuel Rodrigues
7 dias 17 horas

bom dia Sra Beatriz, como entidade patronal surgiu uma situação de mau comportamento de um dos funcionários. como posso ap ...

Márcio
13 dias 13 horas

Sou vigilante e trabalho numa portaria 24h. Suponhamos que estou escalado para fazer o turno das 16h. ás 24h. O colega falta ...

Pedro
13 dias 18 horas

Boa tarde, Tendo a isenção de horário os feriados obrigatórios que tenha que ir trabalhar estão incluídos na isenção ...

Rui Oliveira
13 dias 19 horas

quero dizer artigo 300 e não artigo 30