Fórum

Espaço aberto à discussão
× Todas as dúvidas sobre equipamentos e serviços de apoio aos idosos podem ser colocadas aqui.

mensalidade numa IPSS

27 Abr. 2020 18:55 #22107 por Pedro Ferreira
mensalidade numa IPSSfoi criado por Pedro Ferreira
(alexandra) - Boa tarde, necessito de ajuda para verificar se o valor apresentado pela IPSS da mensalidade para um idoso está correcto. Inicialmente foi apresentado um valor em Março com retroactivos que atá já pagou e agora em Abril foi apresentado outro valor, perguntei porquê e a resposta foi simplesmente porque se enganaram. A declaração de remunerações foi entregue em Janeiro por isso a actualização de Março já estaria correcta. As despesas fixas consideradas que dizem que consideradas foram as da farmácia no valor 53€/mensal, não contabilizando, fraldas, sondas urinárias, sacos recolha de urina e cremes para o tratamento de escarras que dizem que não são consideradas como despesas. A mensalidade do ano de 2019 foi de 555, 65 com um valor de pensões 601,78€/mensal.
Fez o pedido de complemento por dependência e teve direito a receber 105.90€ e começou a receber agora em Janeiro o valor de 105.90€ que perfaz o total de 711.89€ e como atinge IRS recebe 681.89€/mensal já incluindo o valor de viuvez. A primeira actualização em Março foi no valor de 583,43€ já a segunda actualização em Abril foi para 660,26€. Como consegue pagar as despesas de medicação da farmácia, mais fraldas mais sondas e sacos e cremes? È um doente oncológico com Leucemia Linfóide Crónica e portador crónico de sonda vesical e com insuficiência respiratória o que faz oxigénio terapia, tem atribuído um atestado com grau de incapacidade 85%, apesar disto tudo ainda ajuda a mover-se da cama para a cadeira de rodas e come sozinho. A minha questão é será que o calculo está bem feito sendo uma IPSS podem passar de 555€ para 660€ como pago as despesas mensais ? Não tem filhos, não tem bens patrimoniais e vivia em casa arrendada que foi entregue por já não conseguir suportar as despesas. Por favor ajudem-me.

Por favor Iniciar sessão ou Criar uma conta para se juntar à conversa.

11 maio 2020 16:41 #22134 por Beatriz Madeira
Respondido por Beatriz Madeira no tópico mensalidade numa IPSS
Sugerimos-lhe duas coisas:
1) verificar junto dos serviços locais da Seg. Social, se o referido lar tem alvará, ou seja, se é legal
2) ir a uma Junta de Freguesia (da freguesia do lar ou da sua residência) perguntar se têm serviços de Atendimento Social para fazer uma marcação (se calhar, nesta fase, por telefone) para poder pedir os esclarecimentos que necessita

Entretanto, poderá consultar mais alguma informação em:
1) sabiasque.pt/familia/apoio-ao-idoso/273-...-terceira-idade.html
2) sabiasque.pt/lares-comparticipados-pela-seguranca-social.html
3) www.provedor-jus.pt/archive/doc/Anotacao...Comparticipacoes.pdf
4) www.seg-social.pt/documents/10152/33603/...02-bec3-5b28923276cb

Por favor Iniciar sessão ou Criar uma conta para se juntar à conversa.

Desenvolvido por Kunena
Segurança Social

Segurança Social: Datas de pagamento dos subsídios sociais e pensões em março de 2021

A Segurança Social publicou as datas para o pagamento dos subsídios sociais e familiares e pensões para março. Segurança Social: Datas de pagamento dos subsídios sociais e pensões em...

Comentários Recentes

José Vasco Baleijo
2 dias 9 horas

Boa noite estou a receber uma pensão vitalícia de uma seguradora e agora pedi reforma por invalidez da Segurança Social qu ...

Marco Rodrigues
4 dias 16 horas

Bom dia. Fui contratado a 26 de Agosto de 2020 com contrato de 6 meses. A 25 de Fevereiro de 2021 (6 meses depois) o contrato ...

Ana
5 dias 21 horas

o artigo 251º em relação aos sogros apenas considera justificadas quando haja casamento. Se lerem atentamente o numero 2 d ...

Jorge
8 dias 11 horas

Se o artigo serve para justificar faltas por luto, porque é que justificar os dias que não se está a trabalhar? O legisla ...

Manuel
8 dias 18 horas

1. A a licença de casamento são faltas justificadas. Se a empresa lhe impôs legalmente férias num determinado período, e ...