Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Para continuar a receber as prestações sociais de Abono de Família, de Subsidio Social de Desemprego e de Rendimento Social de Inserção (RSI) há que fazer a prova de rendimentos à Segurança Social. Esta prova, chamada "Prova de Condição de Recursos" deve ser feita no período indicado na carta que o beneficiário recebe.

Logo Segurança SocialVer Actualização: Prazo para apresentar prova de condição de recursos alargado

A atribuição de apoios sociais tem novas regras a partir de 1 de Agosto de 2010. São considerados apoios sociais o Subsídio de Desemprego, o Rendimento Social de Inserção (RSI), o Subsídio de Parentalidade, o Abono de Família, as Bolsas de Estudo, os apoios às Prestações de Alimentos e de Habitação e a Acção Social Escolar, a comparticipação de medicamentos, o pagamento de taxas moderadoras e os apoios aos utentes das unidades da Rede Nacional de Cuidados Integrados.

A verificação das condições de atribuição de apoios sociais passa a ter trẽs componentes:

  1. o conceito de agregado familiar (todas as pessoas que vivem em comum com o beneficiário até ao terceiro grau: pais, filhos, irmãos, tios, sobrinhos, avós, netos, bisavós e bisnetos)

  1. os rendimentos a considerar (rendimentos de trabalho dependente, independente, capitais, prediais, bolsas, apoios sociais, reformas, etc.)

  1. a capitação em função dos membros da família (1 para o requerente, 0.7 para os outros adultos e 0.5 para os menores de 18 anos).

A Segurança Social vai passar a avaliar, para atribuição dos apoios sociais, a totalidade dos rendimentos do agregado familiar do beneficiário, entre eles, salários, rendas, juros, dividendos, apoios à habitação, reformas e bolsas de estudo e de formação. Quem tem casa própria com valor superior a 250 mil euros e/ou contas bancárias ou acções que ultrapassem os 100.612,80 euros (240 vezes o Indexante de Apoios Sociais) fica excluído da atribuição dos apoios.

Para controlar estes dados, a Segurança Social vai requisitar acesso às contas bancárias e aos dados fiscais. Quem se recusar a facultar estes dados fica automaticamente excluído. A autorização do levantamento do sigilo bancário e da consulta da situação tributária do contribuinte está prevista pela Lei 37/2010 de 2 de Setembro que altera a Lei Geral Tributária (LGT). Logo no primeiro artigo acrescenta uma alínea ao artigo 63º-B da LGT que diz que pode ser levantado o sigilo bancário “Quando se verifique a existência comprovada de dívidas à segurança social”.

A Prova de Rendimentos ou Prova de Condições de Recursos é feita, exclusivamente, na aplicação Segurança Social Directa em https://www.seg-social.pt/consultas/ssdirecta/.

Para mais informações poderá consultar a página http://www2.seg-social.pt/left.asp?03.18 da Segurança Social e o Guia Prático sobre Condição de Recursos Guia Prático sobre Condição de Recursos (111.39 KB).

Augusto Gomes
agregado familiar
Boas!
tendo em conta o novo conceito de agregado familiar, fico um pouco mal esclarecido em relação a isso.
Eu sou casado e com dois filhos, vivemos no rés do chão da casa dos meus sogros e eles no primeiro andar, tenho de me incluir no agregado familiar deles ou eles no meu? eles são reformados.

Beatriz Madeira
Caro Augusto Gomes, boa tarde.

Há casos mais complicados de clarificar. Sugerimos-lhe que ligue para o VIA segurança social e lhes coloque a questão diretamente. O número é o 808 266 266 e funciona todos os dias úteis das 9h00 às 17h00, com o custo de chamada local a partir de rede fixa em Portugal. Quando telefonar tenha consigo o seu número de beneficiário.

Beatriz Madeira
Cara Patrícia Ferreira,

Aproveitando as indicações que o/a nosso/a utilizador/a Alla lhe diz, agradecendo e reforçando, terá que ir a https://www.seg-social.pt/consultas/ssdirecta/ e clicar no "Registe-se Aqui" do ponto 4. Se é Beneficiário da segurança social, não tem Cartão de Cidadão e ainda não tiver acesso a este serviço Registe-se Aqui. Assim é redireccionada para a página do formulário (https://www.seg-social.pt/consultas/ssdirecta/registo.aspx) onde pode pedir a senha que depois lhe permite, junto com o número de beneficiária (NISS com 11 dígitos), entrar no serviço segurança social Directa para fazer a Prova de Condição de Recursos.

Alla
Cara Patrícia Ferreira,
poderia me explicar passo a passo o que está a tentar fazer?
Na página tem que clicar no link situado no ponto 4 (Se é Beneficiário da Segurança Social, não tem Cartão de Cidadão e ainda não tiver acesso a este serviço,Registe-se Aqui) e será redirecionada para a página do formulário.

Pedro Ferreira
Tenho tentado desde à uma semana atrás pedir senha e não tenho acesso para preencher o formolário. Tentei em vários computadores mas sem efeito. Como consigo obter a senha se não tenho onde a requesitar. Já me dirigi a um balcão da Segurança Social e a resposta foi para pedir através da internet.....estou um pouco baralhada até porque deveria ter dado prova de condições de recursos e não sei como o fazer.....

Beatriz Madeira
Cara Andreia Fernandes,

Os beneficiários da ADSE podem, efectivamente, não ter um número de beneficiário da Segurança Social. Sugerimos que ligue para o VIA Segurança Social e lhes coloque a questão directamente. O número é o 808 266 266 e funciona todos os dias úteis das 08h00 às 22h00, com o custo de chamada local a partir de rede fixa em Portugal.

Andreia Marisa Fernandes
29
Boa Noite, estou com uma dúvida em relação ao preenchimento de um dos elementos do agregado familiar! O meu pai é funcionário na Câmara do Funchal, e somente possui o cartão da ADSE e dos Serviços Sociais do Pessoal da Câmara Municipal, não possui número na Segurança Social, como faço para preencher o NISS que me é pedido??
Beatriz Madeira
Cara Alexandrina,

Depois de lermos a sua questão no nosso fórum, percebemos que para além de pedir explicações à Segurança Social (que já percebemos que não tem resposta...), podemos sugerir que envie a exposição do caso por escrito para a Segurança Social.

Se já ouviu falar da Prova de Condição de Recursos sabe que esta prova é actualmente necessária para manter o abono de família e o subsídio social de desemprego. Assim, sugerimos que na exposição do caso faça as contas ao rendimento familiar per capita (por pessoa) utilizando a escala de valores da Prova de Condição de Recursos descrita no ponto B2 (págs. 6 e 7 do documento da Segurança Social que encontra em http://www2.seg-social.pt/preview_documentos.asp?r=28710&m=PDF e que lhe explica que valores per capita são considerados para que se tenha direito a continuar a receber as prestações sociais).

Assim, depois de fazer as contas e verificar se o rendimento per capita fica abaixo dos valores indicados pela Segurança Social, poderá argumentar que lhe foi injustamente retirado o subsídio social de desemprego. Exponha todos os valores na carta e envie por carta registada com aviso de recepção e guarde uma cópia da carta juntamente com estes registos dos CTT.

Beatriz Madeira
Cara Alexandrina,

A cessação do pagamento de subsídios atribuídos, por norma, não volta a ser reposta, a não ser em circunstâncias específicas. Ou seja, a maior probabilidade é que não venha a receber mais nenhuma prestação do subsídio que lhe foi atribuído. Se considerar adequado, poderá solicitar explicações sobre o corte do subsídio em causa à Segurança Social.

alexandrina
38
Boa tarde. Recebia o subsidio social de desmeprego ha 3 meses quando foi cessado dia 1 de agosto. Ha alguma probabilidade de o voltar a receber ou quando suspendem e tendo em conta o que se esta a passar não terie hipoteses de receber os que esta para tras?
Beatriz Madeira
Cara Conceição,

Para efectuar a Prova de Condição de Recursos não tem que incluir o ordenado de nenhum dos membros do agregado familiar, ou qualquer tipo de prestação paga pela Segurança Social, nomeadamente os abonos de família, apenas tem que indicar os montantes do património mobiliário à data de 31 Dezembro 2009 e quaisquer prestações, bolsas, abonos que o agregado familiar receba de outras entidades (que não a Segurança Social). Para um maior esclarecimento quanto ao que é "património mobiliário" sugerimos que consulte o manual de instruções para preenchimento da prova que encontra em http://www2.seg-social.pt/preview_documentos.asp?r=29144&m=PDF .

Beatriz Madeira
Cara Marina Santos,

A Prova de Condição de Recursos permite, efectivamente, a actualização dos dados que permitirão a alteração do escalão do abono de família. A actualização das condições sócio-económicas da família é uma obrigatoriedade dos cidadãos, à excepção das situações em que o governo nos pede para o fazermos, como é o presente momento. Pela informação de que dispomos, não haverá lugar a retroactivos, sendo que, uma vez actualizado o escalão, passará a receber o montante equivalente a partir da data da sua actualização. Os escalões 4 e 5 do abono de família vão terminar com a entrada em vigor do novo Orçamento de Estado.

Beatriz Madeira
Cara/o S. Figueira,

Pela informação de que dispomos, a resposta é negativa, não deverá incluir os seguros no valor do património mobiliário. No entanto, de forma a não incorrer em prestação de falsas declarações,sugerimos que clarifique a questão junto do serviço VIA Segurança Social. O número é o 808 266 266 e funciona todos os dias úteis das 08h00 às 22h00, com o custo de chamada local a partir de rede fixa em Portugal. Quando telefonar tenha consigo o seu número de beneficiário.

conceição
40
O ordenado do meu marido, também tenho que fazer algum registo desse valor? Eu não tenho qualquer rendimento, embora continue inscrita no Centro de emprego. Quanto à Bolsa de Mérito do meu filho mais velho que transitou para o 12º ano, o que faço? Os outros 2 filhos, assim como o mais velho, recebem o abono de família.
Fico muito indignada por termos que expor tudo aquilo que poupamos com muito sacrifício, nunca gastei com férias, a frequentar restaurantes,com luxos e com outros vícios; tendo recebido direitos da empresa onde trabalhei, logo os pus a render, pois deixei de ter um salário e tenho que pensar no futuro dos meus 3 filhos. O mais velho vai para a Universidade para o ano... e depois como vai ser?
Obrigada pela atenção, mas fico indignada por estarem a invadir a privacidade, pois Há muitos que não tem porque nem quiseram poupar!

Marina Santos
Fiz a prova de recursos e correu lindamente. O abono de família que recebo pelo meu filho é do 5º escalão e ainda se refere à data em que pedi o mesmo, Julho de 2008, data em que o meu marido ficou desempregado e passei eu a receber o abono. Assim recebo do 5º escalão porque nunca me pediram actualizações. Com esta prova de recursos é feita esta actualização? É que desde essa data deveria ser 3º escalão. E as actualizações têm efeitos a partir de que mês? E com retroactivos? A Janeiro de 2010?
Beatriz Madeira
Cara Luísa Filipe,

Pela informação de que dispomos, apenas os beneficiários que recebem a comunicação da Segurança Social devem fazer a Prova de Condição de Recursos no prazo indicado. No entanto, para que não haja "falhas",sugerimos que ligue para o VIA Segurança Social e lhes coloque a questão directamente. O número é o 808 266 266 e funciona todos os dias úteis das 08h00 às 22h00, com o custo de chamada local a partir de rede fixa em Portugal. Quando telefonar tenha consigo o seu número de beneficiário.

Beatriz Madeira
Cara Joana Silva,

Pela informação disponibilizada pela Segurança Social, é possível fazer a rectificação da Prova de Condição de Recursos (ver ponto 4 do Manual de Instruções - Prova de Condição de Recursos na Segurança Social Directa em http://www2.seg-social.pt/preview_documentos.asp?r=29144&m=PDF) que diz "No caso de se enganar no preenchimento da Prova de Condição de Recursos e apenas detectar o erro após ter procedido à submissão da prova, a aplicação permite que faça posteriormente rectificações à prova já submetida. Qualquer rectificação à prova apenas poderá ser efectuada pelo beneficiário que efectuou a prova inicial. Uma rectificação a uma prova já submetida substituirá para efeitos de Prova de Condição de Recursos a prova inicial.".

Joana Silva
31
Boa Trade,

Ao preencher a prova de condição de recursos cometi um erro e não declarei uma conta à ordem com o valor de 121 euros. Gostaria de saber se se pode aceder novamente ao formulário, após já ter sido submetido, e realizar correcções.

Muito Obrigada

Luísa Filipe
29
Boa tarde. Eu estou a receber do fundo de desemprego gostaria de saber se tenho de fazer também a Prova de Rendimentos ou Prova de Condição de Recursos. É que até a data ainda não recebi nada a pedir o mesmo.

Atentamente,
Luisa Filipe

Beatriz Madeira
Cara Isabel,

Pela informação de que dispomos, esta prova de condição de recursos é feita apenas pelos beneficiários que recebem a comunicação (carta) da Segurança Social. Poderá vir ainda a receber a carta para fazer a prova.

isabel_indiana
37
eu não recebi nenhuma carta da ss a pedir isso. é obrigatório para toda a gente? ou só para quem recebe a carta?
Beatriz Madeira
Cara Maria Castro,

O Sabias Que é um serviço distinto da Segurança Social, pelo que lamenta não poder ajudá-la directamente na resolução do problema. Tem sido, efectivamente, difícil entrar em contacto com o serviço VIA SEG. SOCIAL devido à "inundação" de casos e dúvidas que surgiram decorrentes da Prova de Condição de Recursos. Nós temos conseguido ligação após 6 ou 7 chamadas consecutivas. Verifique, por favor, se está a preencher a coluna "pais" nas linhas dos seus filhos, de forma a aparecer o número correspondente. Este é um dos motivos que não deixa que se faça a passagem à página seguinte. Poderá, também ter acontecido uma "sobrecarga" dos serviços informáticos, sendo isso que não a deixa "avançar" no formulário da prova. Só conseguimos sugerir-lhe que seja insistente na ligação ao serviço em causa.

Maria Castro
49
Já tentei contactar a VIA da Seg. Social e a resposta à chamada é que "Não é possível atender a chamada neste momento. Tente mais tarde", isto acontece depois de ouvir todas as explicações que são dadas, enquanto a chamada é transferida. A minha dúvida prende-se com o facto de na confirmação do agregado familiar na Prova de Condição de Recursos não poder avançar e a mensagem é que contacte o serviço VIA da Seg. Social, apesar de já ter lido o manual de instrução e de estar, aparentemente, a fazer tudo correctamente.
O prazo termina a 30 de Setembro.

Beatriz Madeira
Cara Sandra Torres,

Pela informação de que dispomos, apenas se declara uma prestação de carácter regular, não sendo esse o caso. Mas, tendo em conta que incorre em pena de suspensão do apoio social, sugerimos que ligue para o VIA Segurança Social e lhes coloque a questão directamente. O número é o 808 266 266 e funciona todos os dias úteis das 08h00 às 22h00, com o custo de chamada local a partir de rede fixa em Portugal. Quando telefonar tenha consigo o seu número de beneficiário. Terá que ser persistente, uma vez que os serviços em causa estão "inundados" de chamadas. Deverá ligar consecutivamente para conseguir ligação.

Sandra Torres
Boa tarde!
O meu marido desconta para a cx geral de aposentações, e com o nascimento do nosso filho em dezembro de 2009 ele recebeu o subsidio de licença de paternidade pela cx geral de aposentações. A mnh duvida é que num dos campos pedem para indeicar as prestações sociais, assim sendo gostaria de saber se devo colocar o valor que o meu marido recebeu da licença ou não?
Obg

4000 Caracteres remanescentes


Saiba onde procurar fatos, máscaras e acessórios de Carnaval para bebés, crianças e adultos. O dia de Carnaval é feriado? Data do Carnaval (dia e férias) em 2020

Comentários Recentes

Pamela
3 horas 44 minutos

Algo a pensar... uma pergunta que acho que nunca foi feita. Tenho dupla nacionalidade, sou brasileira e adquiri ha mais de 10 ...

PAMELA
3 horas 48 minutos

Algo a pensar... uma pergunta que acho que nunca foi feita. Tenho dupla nacionalidade, sou brasileira e adquiri ha mais de 10 ...

Pedro
4 horas 57 minutos

Bom dia, preciso de ajuda, eu e minha namorada tivemos uns amassos em minha casa, quando ela se deparou estava mtt molhada, ...

Tiago Oliveira
1 dia 16 horas

Trabalho numa empresa à cerca de 16 anos, comecei por assinar um contrato a termo certo que se foi renovando até ficar a ef ...

Vitor Manuel Vitorino Patricio
3 dias 17 horas

preciso com urgencia de documento da Segurança Social ,por isso tenho preciso rapidamente da passe para aceder a seg.social ...