Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A pdfLei 106/2017 de 4 Setembro assegura o direito à declaração conjunta de despesas e rendimentos com dependentes em sede de imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS) e em situações de responsabilidades parentais partilhadas.

O Código do Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares (CIRS) não permitia até agora que pessoas separadas com dependentes (filhos) comuns pudessem apresentar uma declaração conjunta de despesas e rendimentos relativa a estes dependentes. 

A entrada em vigor desta lei altera o CIRS para situações em que as responsabilidades parentais são partilhadas, permite que pessoas separadas com dependentes (filhos) comuns façam uma declaração conjunta de despesas e rendimentos em sede de IRS.

Estas alterações ao CIRS ajustam a lei a situações concretas da vida e dos acordos estabelecidos entre vários contribuintes com filhos comuns mas que deixaram de constituir um agregado familiar único.

Algumas alterações:

  • Partilha de deduções em casos de responsabilidade conjunta e residência alternada do menor.
  • Partilha das deduções de acordo com as percentagens constantes no acordo de partilha parental (requer comunicação própria no Portal das Finanças até 15 Fevereiro).
  • Pessoas abrangidas não podem fazer parte de mais de um agregado familiar nem, integrando um agregado familiar, ser consideradas sujeitos passivos autónomos.
  • Quando as responsabilidades parentais são exercidas em comum por mais do que um sujeito passivo são considerados como integrandos o agregado que habite na residência determinada no âmbito da regulação do exercício das responsabilidades parentais, o agregado com o qual o dependente tenha identidade de domicílio fiscal no último dia do ano a que o imposto respeite quando não tiver sido determinada a sua residência ou não seja possível apurar a sua residência habitual.
  • Os rendimentos obtidos pelos dependentes devem ser incluídos na declaração do agregado em que se integram ou, em caso de residência alternada estabelecida em acordo de regulação do exercício das responsabilidades parentais em vigor, dividir em partes iguais em cada uma das declarações (requer comunicação própria no Portal das Finanças até 15 Fevereiro).

responsabilidade parental partilhada

2000 Caracteres remanescentes


Destaques Agenda

Comentários Recentes

Kunena Avatar Diogo Vale
9 hours 38 minutes

Boa tarde Trabalhei o ano todo a ful time e em Maio mudei para part time. No enatnto só recebi 435€ de subsídio de féria ...

Kunena Avatar José Silva
2 days 2 hours

Animar seria iludir. A verdade pode magoar, mas nunca poderá ofender e nunca poderá insultar. Eu nunca iria contaminar um P ...

Kunena Avatar Ricardo Miguel
3 days 15 hours

(estou sem teclado PT) Ohh Jose Silva... Voce e tao motivador... Se esta assim tao convencido que as coisas funcionam desse m ...

Kunena Avatar Hugo
6 days 17 hours

No final de Junho trabalhei um domingo, tendo adquirido um dia para gozar na semana seguinte, tal como seria de esperar, mas ...

Kunena Avatar Eugénio Paixão
6 days 18 hours

Gostaria de saber se legalmente posso ter direito a folga semanal se iniciar período de férias em dia diferente de uma segu ...