1º Maio - Dia Internacional do Trabalhador

Índice do artigo

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Porque é o 1º Maio comemorado como o Dia Internacional do Trabalhador?

1º de maio de 2015 - Programa das Comemorações

 1º de maio - Dia do Trabalhador 2014

Neste dia, em 1886, cerca de 500 mil trabalhadores saíram às ruas em Chicago, nos EUA, protestando contra as más condições de trabalho e exigindo a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias. Dezenas de trabalhadores - maioritariamente operários fabris - foram feridos e mortos pela polícia, que acabou por dispersar a manifestação. O dia marcou o início uma greve geral nos EUA.

1º Maio - Dia Internacional do Trabalhador

No dia 3 Maio houve um levantamento de menor escala que terminou em confrontos com a polícia e com a morte de mais manifestantes. No dia seguinte, 4 Maio, uma nova manifestação foi organizada como protesto pelos acontecimentos dos dias anteriores, tendo culminado no lançamento de uma bomba contra as forças policiais, matando alguns agentes. Como retalização, a polícia abriu fogo sobre a multidão, matando e ferindo dezenas de trabalhadores.

Estes acontecimentos são conhecidos como a Revolta de Haymarket, que resultou na prisão de 8 líderes da contestação, condenados à forca. Quatro deles foram executados, um suicidou-se antes do enforcamento e os três remanescentes receberam sentenças de prisão perpétua (que foram posteriormente revogadas, quando o Governador concluiu que todos os oito acusados eram inocentes).

Aqueles milhares de trabalhadores estavam convictos de que as horas de trabalho eram demais - entre 12 e 18 horas diárias - e a luta não parou. Nesta fase, fez-se sentir a intervenção da "solidariedade internacional" que pressionou o governo americano a anular o "falso julgamento" dos líderes e a proceder a um novo julgamento.

Em 1888, um novo júri reconheceu a inocência dos líderes dos trabalhadores, culpando o Estado americano, tendo sido ordenada a libertação dos 3 presos anteriormente condenados a prisão perpétua.

Em 1889, a segunda Internacional Socialista(1) reunida em Paris decidiu convocar anualmente uma manifestação com o objectivo de lutar pelas 8 horas de trabalho diário. A data escolhida foi o 1º de Maio, como homenagem às lutas sindicais de Chicago.

Em 1890 os trabalhadores americanos conquistaram a jornada de trabalho de 8 horas diárias, tendo sido a redução de 16 para 8 horas diárias aprovada pelo Congresso.

Em 1 Maio 1891 uma manifestação no norte de França é dispersada pela polícia, resultando na morte de alguns manifestantes, acontecimento que serviu para reforçar o dia como o dia de luta dos trabalhadores.

Em 1891 a Internacional Socialista de Bruxelas proclama esse dia como dia internacional de reivindicação de condições laborais.

Em 1919 o senado francês ratifica (aprova/valida) o dia de 8 horas de trabalho diárias e proclama o dia 1 Maio desse ano como feriado.

Em 1920 a Rússia adota o 1º Maio como feriado nacional, um exemplo seguido por muitos outros países.

 

Notas:

Na Europa o "Dia do trabalhador" comemora-se sempre no dia 1 de Maio.

Nos Estados Unidos da América o "Dia do Trabalhador" é um feriado nacional, conhecido por "Labor Day", e celebra-se na primeira 2ª feira do mês de Setembro.

No Canadá este feriado chama-se "Dia de Oito Horas" porque comemora a vitória da redução do dia de trabalho para 8 horas.


Dia do Trabalhador em Portugal

Em Portugal só a partir de Maio de 1974 (o ano da revolução do 25 Abril) é que se voltou a comemorar pública e livremente o "Dia do Trabalhador", ano a partir do qual foi decretado como feriado obrigatório. Durante a ditadura do Estado Novo(2) a comemoração deste dia era reprimida pela polícia. O Dia Mundial dos Trabalhadores é comemorado por todo o país, sobretudo com manifestações, comícios e festas de carácter reivindicativo, promovidas pelas principais centrais sindicais (CGTP-IN e UGT) em todo o país. Apenas a partir de Maio de 1996 é que os trabalhadores portugueses passaram a trabalhar 8 horas por dia.


Dia do Trabalhador no Brasil

O Dia do trabalhador era considerado por movimentos anarquistas e comunistas como um momento de protesto e crítica às estruturas sócio-económicas do país até à chegada de Getúlio Vargas ao poder (Era Vargas, 1930-1945). A propaganda trabalhista de Vargas vai transformar esse dia na "celebração do trabalhador", mudança que alterou profundamente as atividades realizadas pelos trabalhadores neste dia. Até então marcado por piquetes e passeatas, o Dia do trabalhador passou a ser comemorado com festas populares, desfiles e celebrações similares, assimiladas pelo movimento sindical. No Brasil, a data é comemorada desde 1895 e foi adotada como feriado nacional em 1925 pelo presidente Artur Bernardes, sendo costume os governos anunciarem neste dia o aumento anual do salário mínimo. Em 1 Maio 1943 foi criada a Consolidação das Leis do trabalho - CLT.


(1) A Internacional Socialista é a organização mundial dos partidos políticos social-democratas, socialistas e trabalhistas, formada em 1951. A Segunda Internacional, formada em 1889 e dissolvida em vésperas da Primeira Guerra Mundial em 1914 e a Internacional Trabalhista e Socialista, dissolvida em 1940, com a ascensão do nazismo e comunismo, do início da Segunda Guerra Mundial, foram constituídas por alguns dos mesmos partidos que mais tarde iriam formar a Internacional Socialista. Entre as ações mais notáveis da Segunda Internacional estão a declaração em 1889 do 1 Maio como Dia Internacional dos Trabalhadores e a declaração em 1910 de 08 Março como Dia Internacional da Mulher.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Internacional_Socialista

(2) Estado Novo é o nome do regime político autoritário e corporativista de Estado que vigorou em Portugal durante 41 anos sem interrupção, desde 1933, com a aprovação de uma nova Constituição, até 1974, quando foi derrubado pela Revolução do 25 de Abril. A designação oficial de "Estado Novo", criada sobretudo por razões ideológicas e propagandísticas, quis assinalar a entrada numa novo período político, aberto pela Revolução Nacional de 28 de Maio de 1926, marcada por uma concepção antiparlamentar e antiliberal do Estado. Neste sentido, o Estado Novo encerrou o período do liberalismo em Portugal, abrangendo nele não só a Primeira República, como também o Constitucionalismo monárquico. Como regime político, o Estado Novo foi também chamado salazarismo, em referência a António de Oliveira Salazar, o seu fundador e líder. Salazar assumiu o cargo de Ministro das Finanças em 1928, tornou-se, nessa pasta, figura preponderante no governo da Ditadura Militar já em 1930 e ascendeu a Presidente do Conselho de Ministros (primeiro-ministro) em Julho de 1932, posto que manteve até 1968. A designação salazarismo reflecte a circunstância de o Estado Novo se ter centrado na figura do "Chefe" Salazar e ter sido muito marcado pelo seu estilo pessoal de governação. O Estado Novo abrange o período em que o sucessor de Salazar, Marcello Caetano, chefiou o governo (1968-1974).

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Estado_Novo_%28Portugal%29

4000 Caracteres remanescentes


Código do Trabalho

Código do Trabalho

O código do trabalho apresentado nesta página (Lei n.º 7/2009) e artigos anexos está em vigor desde Fevereiro de 2009 e foi atualizado com as alterações introduzidas . Para consultar o...

Comentários Recentes

Bezinha0909
3 horas 11 minutos

Eu e meu namorado estávamos dando uns amassos, eu estava no colo dele de calcinha e ele sem nd, ele gozou na minha calcinha, ...

Alessia
2 dias 22 horas

Bom dia. Com quanto tempo de antecedência tem de ser entrege horario de trabalho?

Mirela 1713
10 dias 17 horas

Descarta essa pergunta a de cima é a correta