Fórum

Espaço aberto à discussão
× Coloca aqui as tuas dúvidas sobre o acesso aos subsídios desemprego social de desemprego.
Se procuras ofertas de emprego, consulta a nossa página de ligações úteis da área do "trabalho".

Fundo de Desemprego e Ensino Superior

13 Set. 2021 20:53 #22510 por Pedro Ferreira
Fundo de Desemprego e Ensino Superiorfoi criado por Pedro Ferreira
(Cintia) - Boa Noite,
Tenho uma dúvida enorme, e gostaria que alguém me pudesse ajudar a esclarece-la, se fosse possível.
Então é o seguinte : eu trabalho num supermercado, mas à mais de um ano que me encontro de baixa médica, devido a um acidente. Durante este ano de pausa, refleti sobre a minha vida e decidi candidatar-me ao Ensino Superior - não sabendo ainda se vou entrar, porque as colocações só são expostas no dia 27 de Setembro. Entretanto, a minha entidade patronal avisou-me que iria vender o supermercado, cessando assim a sua atividade, no final de Setembro, dando-me depois os papéis para o fundo de desemprego.
E é aí que surge a minha dúvida: devo dar baixa da baixa médica e inscrever-me no centro de emprego, e avisar que vou para o Ensino Superior -e se tenho direito ao subsídio de desemprego se for estuda ? Ou se posso continuar de baixa médica e ao mesmo tempo frequentar o ensino superior, enquanto não me cessarem a baixa médica ? Isto porque me foi dito na segurança social que como estou de baixa, não me posso inscrever no centro de emprego, sem antes ir a uma junta médica para eles avaliarem o meu caso, de forma a decidirem se devo ou não continuar de baixa.
Não querendo ser prejudicada, gostaria de ser aconselhada, para agir da forma mais correta.

Aguardo atenciosamente, e agradeço a disponibilidade.

Cumprimentos,
Cintia Rodrigues

Por favor Iniciar sessão ou Criar uma conta para se juntar à conversa.

Desenvolvido por Kunena
Código do Trabalho

Código do Trabalho

O código do trabalho apresentado nesta página (Lei n.º 7/2009) e artigos anexos está em vigor desde Fevereiro de 2009 e foi atualizado com as alterações introduzidas . Para consultar o...

Comentários Recentes

Clara Freitas
17 horas 30 minutos

Tive acidente de trabalho a 17-11-2021. IPP de 12,5%.Falam da idade como fator a ter em conta na indeminização. Na formula ...

Beatriz Madeira
18 horas 20 minutos

Não estamos certos de perceber a sua questão, pelo que pedimos desculpa. Um trabalhador com uma ITP não tem de pagar nada ...

Beatriz Madeira
19 horas 24 minutos

A atribuição de uma IPP não tem qualquer interferência na contagem dos anos de descontos para a reforma.