Fórum

Espaço aberto à discussão
× Tens dúvidas sobre os teus direitos de ajudas de custo e subsídios de refeição e viagem? Pergunta aqui!

Venda da empresa

02 Ago. 2019 21:03 #21341 por Pedro
Venda da empresafoi criado por Pedro
Boa noite,

A empresa que me emprega foi vendida e, automaticamente, eu passaria para a nova, mas foi-me apresentado um contrato, o qual recusei assinar.

O meu local de trabalho começou ontem a operar com a nova empresa, hoje tive um reunião com o meu (antigo) chefe, que me apresentou uma "suspensão provisória do trabalhador".

Chamei o ACT mas não foi ao local de trabalho. deverei ir trabalhar sabado e domingo (apesar de que me irá ser barrado) e segunda, chamo de novo o ACT?

Terei razao?

Cumprimentos

Por favor Iniciar sessão ou Criar uma conta para se juntar à conversa.

02 Ago. 2019 21:05 #21342 por Pedro
Respondido por Pedro no tópico Venda da empresa
Nota: o contrato que me foi apresentado alterava 2 ou 3 clausulas e a entidade empregadora era uma terceira entidade, uma prestadora de serviços. daí ter recusado.

Por favor Iniciar sessão ou Criar uma conta para se juntar à conversa.

03 Ago. 2019 14:19 #21345 por Beatriz Madeira
Respondido por Beatriz Madeira no tópico Venda da empresa
Sugerimos que faça uma queixa formal à ACT e que continue a apresentar-se no local de trabalho, para que não possa vir a ser acusado de "abandono de posto de trabalho" e, consequentemente, despedido com justa causa.

Por favor Iniciar sessão ou Criar uma conta para se juntar à conversa.

Desenvolvido por Kunena
Código do Trabalho

Código do Trabalho

O código do trabalho apresentado nesta página (Lei n.º 7/2009) e artigos anexos está em vigor desde Fevereiro de 2009 e foi atualizado com as alterações introduzidas . Para consultar o...

Comentários Recentes

Clara Freitas
16 horas 34 minutos

Tive acidente de trabalho a 17-11-2021. IPP de 12,5%.Falam da idade como fator a ter em conta na indeminização. Na formula ...

Beatriz Madeira
17 horas 24 minutos

Não estamos certos de perceber a sua questão, pelo que pedimos desculpa. Um trabalhador com uma ITP não tem de pagar nada ...

Beatriz Madeira
18 horas 28 minutos

A atribuição de uma IPP não tem qualquer interferência na contagem dos anos de descontos para a reforma.