Todas as viagens trazem algo de positivo em termos de ampliação da bagagem cultural, mas as viagens feitas em período de férias com a família têm um sabor especial. Em geral, viajar com a família proporciona dias de descanso e lazer, durante os quais pode esquecer um pouco das responsabilidades do dia a dia e relaxar na companhia dos entes queridos. Entretanto, para que a viagem seja tranquila e aprazível, o planeamento continua a ser importante, visto que é assim que garantirá que tudo corra bem e sem contratempos.

mapa chave carroFonte: Pixabay

Para que as férias em família sejam inesquecíveis, separamos algumas dicas práticas que vão facilitar o planeamento da viagem e garantir que esses sejam uns dias realmente tranquilos e de descanso. Descubra o que deve ter em conta antes de ir de férias e conte ainda com soluções que o vão ajudar a aproveitar melhor estes dias.

A escolha do destino deve ser feita em conjunto

Para que todos os membros da família fiquem satisfeitos com o destino escolhido para as férias, recomendamos que se reúnam e troquem ideias a respeito do que pretendem fazer durante esses dias. Decidam se querem um ambiente de praia ou de campo, se preferem calor ou frio, se pretendem um local com muita oferta cultural ou se, por outro lado, apenas desejam um local calmo para relaxar.

O mais provável é que nem todos tenham o mesmo tipo de viagem em mente, mas, para solucionar as divergências, peguem como ponto de partida o orçamento disponível. A partir daí, verifiquem em conjunto quais das ideias são viáveis. Podem, por exemplo, encontrar um alojamento que ofereça atividades que agradem às crianças e disponibilize, ao mesmo tempo, espaços de relaxamento para os adultos – como acontece em várias redes de hotéis. Outra possibilidade é procurar um destino que tenha praia e esteja localizado perto de uma cidade com boa oferta cultural, algo passível de ser encontrado facilmente por todo o mundo, sendo este o caso, por exemplo, da Croácia, localidade que oferece uma rica cultura arquitetónica e que, ao mesmo tempo, tem belas paisagens naturais e praias capazes de agradar a toda a família.

cidade costeiraFonte: Pexels

Definir o orçamento disponível e não arranjar desculpas para o ultrapassar

Conforme mencionado, tenha como ponto de partida o orçamento disponível para a viagem, visto que não é boa ideia escolher o destino de férias sem pensar na quantidade de dinheiro que poderá gastar durante estes dias. Defina com clareza o valor que estará disponível durante as suas férias e planeie o montante a gastar nas diversas categorias, como passagens aéreas, refeições, alojamento e deslocamentos, sem esquecer dos extras que normalmente aparecem ao longo da viagem e em relação aos quais convém estar prevenido. Não arranje desculpas para ultrapassar o orçamento estabelecido. Tenha em mente que isso pode levá-lo a gastar mais do que deveria ou até a contrair créditos pessoais.

Férias com carro alugado podem ser melhor opção

Um ponto que pode ajudar a ter umas férias mais tranquilas e ao mesmo tempo mais económicas é alugar um carro em vez de fazer o trajeto com seu veículo próprio. Um carro alugado tem a manutenção em dia e a possibilidade de um seguro que cubra os imprevistos que podem ocorrer. Além disso, há ainda a vantagem de poder escolher um veículo com dimensões que se adeqúem ao tamanho da sua família e onde caiba toda a bagagem necessária, sem que seja preciso descurar do conforto. Devido aos mencionados pontos, alugar uma carrinha de passageiros parece ser a melhor opção. Para verificar os valores referentes ao aluguer de carros, vale a pena fazer uma pesquisa em sites comparativos, nos quais é possível encontrar um valor compatível ao seu orçamento ao mesmo tempo que considera qual é o carro ideal para a viagem. Visite o site de empresas que fazem esse comparativo e verifique os preços das diferentes empresas de aluguer de carros para encontrar a melhor relação preço/qualidade para a sua viagem em família.

Sabemos que existem muitos outros parâmetros que devem ser tidos em conta para umas férias tranquilas em família, mas é certo que, se cumprir com estes três, dias tranquilos e de merecido descanso já estão garantidos.

Comentários Recentes

Maria Jose
4 horas 41 minutos

trabalho há 18 meses no grupo editex em regime de part-time que varia entre as 20 e as 30 horas semanais o meu contrato ter ...

Anónimo
9 horas 47 minutos

DALSIRA Desmarcar uma marcação feita SS Tenho uma marcação para o dia 30-09-2020 ás 14:15h tema: requerimento abono de f ...

David
17 horas 33 minutos

Bom dia, Terminei o meu contrato de trabalho a 4 de Setembro, mas ao dia de hoje ainda não foi realizado o fecho de contas. ...

Margarida
1 dia 13 horas

Boa tarde Vânia, nenhuma entidade patronal pode despedir alguém sem envio de carta registada com a antecedência de 30 dias ...

Maria João
7 dias 10 horas

Boa tarde, Vou apresentar a minha carta de demissão. Entrei em março de 2017 e neste momento já estou efetiva. Em 2017 go ...