Trabalho - Recrutamento, Ajudas de Custo, Legislação

Aqui encontras soluções práticas e de grande aplicabilidade relacionadas com o Trabalho, seja a nível particular ou profissional. Aqui vamos falar de Formação (na vertente de Gestão de Formação e na de Formador), Comunicação Empresarial, Recrutamento (abordagem do Recrutador e do Candidato), Comercial (numa perspectiva comportamental), Legislação do Trabalho, entre outros assuntos. Em todas estas temáticas são disponibilizadas ferramentas práticas de suporte profissional ou de trabalho.

O que faz um Coordenador de Formação

Votos de utilizador:  / 4

Um Coordenador de Formação tem como objectivo preparar e assegurar a execução de uma ou várias acções de formação, integradas ou não num Plano de Formação. Ele planeia, organiza, acompanha,  programa, controla e avalia as actividades que integram cada acção de formação.

O que faz um Gestor de Formação

Votos de utilizador:  / 5

O Gestor de Formação tem por função principal a definição da política de formação, seja numa organização ou  numa entidade de formação. Ele é responsável pela gestão dos recursos afectos à formação, bem como pela elaboração, execução, acompanhamento, controlo e avaliação do plano operacional da área.

O que faz um Responsável de Formação

Votos de utilizador:  / 3

O Responsável de Formação é a pessoa que, numa entidade de formação, desempenha funções de organização e planificação das actividades de formação que se desenvolvem interna ou externamente, supervisionando todos os processos e gerindo os projectos desenvolvidos.

Manual de Acolhimento e Integração

Votos de utilizador:  / 40

O Manual de Acolhimento e Integração é um elemento facilitador do processo de acolhimento e integração de novos colaboradores na organização.

Para a organização é uma forma de fornecer informações que facilitem a integração do colaborador na empresa e na equipa, projecto, departamento, unidade, serviço ou área de negócio em que vai exercer a sua actividade. Para os colaboradores é uma forma de conhecer a organização do ponto de vista institucional, as suas políticas, a sua estrutura e funcionamento, devidamente enquadrados nos objectivos gerais da instituição e nas suas áreas estratégicas de actuação. O Manual de Acolhimento e Integração deve ser entregue ao novo colaborador no dia em que inicia funções ou após assinatura de contrato ou em reunião preparatória da integração. Propomos um modelo de estrutura para este manual aqui.

ENCOMENDAR

O que faz um Director Pedagógico

Votos de utilizador:  / 43

O objectivo principal da função de Director Pedagógico é acompanhar o processo de ensino e aprendizagem decorrente duma actividade de formação. Esta função pode existir numa entidade que tenha um Departamento de Formação activo e que faça um acompanhamento e avaliação da formação que os seus colaboradores frequentam. Ou pode existir numa entidade formadora acreditada pelo Sistema de Acreditação de Entidades Formadoras da DGERT.

Tabelas de retenção na fonte - Despacho nº 1157-A/2008 de 9 de janeiro

Votos de utilizador:  / 0

Despacho nº 1157-A/2008 (IIª Série DR), de 9 de Janeiro - Ministério das Finanças e da Administração Pública

Aprova as tabelas de retenção na fonte para vigorarem durante o ano de 2008.

 

Tabelas de retenção na fonte de IRS, para o continente - 2008

Votos de utilizador:  / 0

Aprovadas pelo Despacho nº 1157-A/2008 (IIª Série DR), de 9 de Janeiro

Tabelas de retenção de pensões, para o continente - 2008

Votos de utilizador:  / 0

Aprovadas pelo Despacho nº 1157-A/2008 (IIª Série DR), de 9 de Janeiro

Ajudas de custo por deslocação - Decreto-Lei n.º 192/95, de 28 de julho

Votos de utilizador:  / 2

Disciplina o abono de ajudas de custo por deslocação em serviço ao estrangeiro

O abono de ajudas de custo no estrangeiro encontra-se actualmente disciplinado por regulamentação emitida pelo Ministério das Finanças, ao abrigo do artigo 22.º do Decreto-Lei n.º 519-M/79, de 28 de Dezembro.

Abono de ajudas de custo e de transporte - Decreto-Lei n.º 106/98, de 24 de abril

Votos de utilizador:  / 4

Estabelece normas relativas ao abono de ajudas de custo e de transporte pelas deslocações em serviço público em território nacional.

Subcategorias