Boletim

Greves, manifestações e contestação social

Greves, manifestações e contestação social 4.8 out of 5 based on 25 votes.
Votos de utilizador:  / 25
FracoBom 

Consulte aqui informação sobre as greves, manifestações e outras ações de contestação social previstas e ocorridas 2014 assim como as do final de 2013. Poderá enviar informação adicional para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

Código do Trabalho - Artigo 530.º - Direito à greve

Agenda: Greves, manifestações e contestação social

Setembro 2014

22 de agosto a 30 de setembro - Greve ao Trabalho Extraordinário na Carris

Os trabalhadores da Carris iniciam a 22 de agosto mais um período de greve ao trabalho extraordinário em protesto contra a redução do pagamento às horas suplementares, disse fonte sindical.

Trabalhadores da Carris iniciam sexta-feira greve às horas extraordinárias

12 de setembro - CGTP-IN apresenta acção judicial contra o Estado para reposição de valores dos subsídios

CGTP-IN apresenta acção judicial contra o Estado para a reposição dos valores dos subsídios de desemprego e doença, retirados ilicitamente entre Julho de 2013 e Janeiro de 2014

CGTP-IN apresenta acção judicial contra o Estado para reposição de valores dos subsídios

12 de setembro - Grupo parlamentar do PCP apresenta projecto de resolução sobre PACC e horários-zero

Segundo informação recebida do grupo parlamentar do PCP, foi apresentado um projecto de resolução com o qual este grupo parlamentar visa impedir a expulsão de mais de 8000 docentes da profissão e garantir a atribuição de componente lectiva a 917 docentes com horário-zero, entre outros efeitos.

Grupo parlamentar do PCP apresenta projecto de resolução sobre PACC e horários-zero

12 de setembro - Exclusão do concurso de contratação inicial de professores - minuta de recurso hierárquico

Atendendo à exclusão de muitos professores (código A09 - PACC) do concurso de Contratação Inicial, disponibiliza-se uma minuta de recurso hierárquico, que deverá de ser apresentado, através da aplicação electrónica, até às 23H59 do dia 17.09.14, 4ª feira.

Exclusão do concurso de contratação inicial - minuta de recurso hierárquico

17 de setembro - Reunião da Comissão Permanente de Concertação Social (CPCS)

O Governo não abriu o jogo sobre o que pretende fazer com o salário mínimo nacional. Grupo de trabalho volta a reunir-se na próxima semana e o debate deverá estender-se pelo menos até ao final do mês.

Governo adia compromissos sobre o salário mínimo

O Governo marcou para o dia 17 de setembro uma nova reunião do grupo de trabalho encarregue de discutir a atualização do salário mínimo nacional. Para as centrais sindicais, o tema já foi suficientemente discutido e a CGTP acusa mesmo o Executivo está a tentar adiar a subida do SMN para travar o efeito da orçamental que terá da medida juntos dos mas de 100 mil funcionários que recebem 485 euros por mês.

SMN: Governo marca reunião para 17 de setembro

Logo Greve17 de setembro - Concentração do Trabalhadores Ferroviários

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário e a Comissão de Trabalhadores da EMEF convocaram uma Concentração nacional para o próximo dia 17 de Setembro, pelas 10.30 horas, em frente ao Ministério das Finanças, em Lisboa, contra o processo de destruição da EMEF. Acusam o Governo de não dotar a empresa dos meios necessários para o seu funcionamento, numa estratégia de a ir desactivando e destruindo aos poucos.

CONCENTRAÇÃO NACIONAL - 17 SETEMBRO DEFENDER A EMEF E A PRODUÇÃO NACIONAL

 

23 de setembro a 5 de outubro - Quinzena de Acções de Informação, Reivindicação e Lutas

Reunido para analisar a situação política, económica e social do país, o Conselho Nacional da CGTP-IN definiu as linhas da Política Reivindicativa da central para 2015, convocou um Plenário Nacional de Sindicatos para 11 de Setembro e marcou uma Quinzena de Acções de Informação, Reivindicação e Lutas, de 23 de Setembro a 5 de Outubro, entre outras iniciativas.

Conselho Nacional aprova Política e Acção Reivindicativa da CGTP-IN

24 e 25 de setembro - Greve nacional dos Enfermeiros

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses anunciou dois dias de protesto que admite desmarcar se conseguir "compromissos claros" em reunião com a tutela a 17 de Setembro.

Enfermeiros anunciam greve nacional para 24 e 25 de Setembro

GREVE NACIONAL DE ENFERMEIROS
24 e 25 DE SETEMBRO - N/M/T/N/M/T
Concentração de Enfermeiros
25/Setembro - Junto ao Min. Saúde

Pela valorização do trabalho e da Enfermagem! Contra a exaustão, pela admissão de mais enfermeiros! Pela defesa do SNS!

Comunicação Social: Greve Nacional dos Enfermeiros

25 de setembro - Greve de 24 horas dos Trabalhadores do Metropolitano de Lisboa

Os trabalhadores do Metro de Lisboa já entregaram um novo pré-aviso de greve para o dia 25 de Setembro, uma quinta-feira, desta vez para uma paralisação de 24 horas.

Trabalhadores do Metro marcam greve de 24 horas para dia 25

Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, que estão hoje em greve parcial, convocaram uma nova paralização de 24 horas para 25 de Setembro, disse à agência Lusa Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

Trabalhadores do Metro de Lisboa marcam nova greve para 25 de Setembro

26 de setembro - Paralisação Nacional dos Funcionários dos Tribunais

O Sindicato dos Funcionários Judiciais anunciou esta uma paralisação nacional para 26 de Setembro, seguida de um dia de greve em cada uma das novas comarcas durante todo o mês de Outubro.

Funcionários dos tribunais avançam com paralisação nacional seguida de um mês de greves

1 a 31 de outubro - Um dia de Greve por Comarca dos Funcionários dos Tribunais

O Sindicato dos Funcionários Judiciais anunciou esta uma paralisação nacional para 26 de Setembro, seguida de um dia de greve em cada uma das novas comarcas durante todo o mês de Outubro.

Funcionários dos tribunais avançam com paralisação nacional seguida de um mês de greves


Silvia Ribeiro Community Builder Avatar   12.05.2014 (09:29:09)
quais os meus direitos Sim Não

Bom dia, trabalho num lar de idosos, assinei contrato no dia 1 de Outubro de 2013 e termina no dia 30 de Setembro de 2014, o ordenado base é de 485 euros mensais 121.25 euros de subsidio nocturno, no mês de Janeiro recebi 122.25 euros de subsidio de Natal referente aos meses de Outubro, Novembro e Dezembro, neste momento quero apresentar a carta de demissão .
A minha pergunta é quanto tempo tenho que dar á empresa e quais são os meus direitos a receber, ainda me faltam gozar 6 dias de férias referentes aos últimos 3 meses do ano 2013 e também as férias referentes a este ano, muito obrigada.

 
 
  Silvia Ribeiro