Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A eco-condução é uma forma de condução eficiente que permite reduzir o consumo de combustível, a emissão de gases poluentes com efeito de estufa para a atmosfera (que contribuem para o aquecimento global) e os acidentes (porque tornam as deslocações mais confortáveis).

A par da indústria automóvel, que tem vindo a desenvolver veículos com consumos de combustível e emissões de gases poluentes cada vez mais baixos, os condutores podem contribuir para a redução da emissão de gases com efeitos de estufa, ao mesmo tempo que promovem uma maior segurança rodoviária. 

Pequenas mudanças nos hábitos de condução podem introduzir diversos benefícios. A condução ecológica tem por base a adoção de hábitos de condução mais eficientes, ecológicos e seguros, tira maior partido das capacidades dos veículos, otimiza os consumos, reduz a poluição e o ruído, e está a contribuir para a diminuição do número de acidentes rodoviários.

Adopte a eco-condução adotando as seguintes sugestões práticas:

  • Na compra do carro tenha em consideração os consumos e as emissões de gases, o tipo de combustível, a potência, a aerodinâmica e as indicações sobre a eficiência e manutenção do veículo.

  • Nos veículos novos os consumos podem variar entre 4 e 15 litros/100 km e as emissões de CO2 entre 100 e 280 g/km.

  • Considere um veículo "Zero Emissões" e opte por combustíveis mais eficientes e melhorados que permitem um menor desgaste do motor, um melhor rendimento, menores emissões e melhores prestações do motor.

  • Monitorize o consumo médio e instantâneo para poder ajustar a condução para um consumo mais reduzido.

  • Ligue o motor do carro apenas imediatamente antes do início da viagem e desligue o carro sempre que fique imobilizado mais do que um minuto (exceção: filas de trânsito "pára-arranca").

  • Não carregue o acelerador e inicie a marcha assim que possível: aquecer o motor ao ralenti apenas contribui para desperdiçar combustível e poluir o ambiente.

  • Conduza a uma velocidade constante e com suavidade, evitando acelerações/desacelerações/travagens bruscas. É mais confortável para os ocupantes e evita o desgaste mecânico precoce do veículo (pode poupar 15% de combustível conduzindo a 80 Km/h em vez de 100 Km/h).

  • Sempre que possível trave com a caixa de velocidades antes de usar o travão. Se a velocidade e o espaço o permitem, deixe o veículo abrandar, levantando apenas o pé do acelerador e deixando rodar o veiculo com a mudança engrenada (consumo igual a zero).

  • Travar o mais cedo possível e de forma suave, acelerar de forma gradual. Travar suavemente poupa o sistema de travagem e suspensão. Reduzir o número de travagens e acelerações reduz o consumo médio e aumenta a segurança rodoviária (manter a "distância de segurança").

  • Opte por mudanças o mais altas possível. As mudanças mais altas correspondem a rotações mais baixas e a um menor consumo de combustível, o que pode chegar a uma poupança de 10%.

  • O cumprimento dos limites de velocidade resulta numa economia de combustível e contribui para a segurança rodoviária. Os limites do código da estrada correspondem a consumos aceitáveis: além de ser mais seguro, a redução da velocidade em 10% vai permitir poupar 15% no consumo de combustível. Conduzir acima de 140km/h aumenta de forma significativa o consumo.

  • Nas descidas de acentuada inclinação mantenha o veículo engrenado numa mudança compatível (travar com o motor), obtendo assim maior segurança e consumo nulo. A par da segurança, ao retirar o pé acelerador, mantendo sempre o carro engatado, aproveita a energia do veículo e não há consumo de combustível.

  • Escolha o melhor percurso nas deslocações de forma a tentar antecipar o fluxo de trânsito, uma viagem bem planeada é um bom recurso para poupar combustível (potencial de poupança de 5%).

  • Adapte a velocidade do veículo ao tráfego e evite mudar frequentemente de via de trânsito.

  • Evite conduzir nas horas de ponta pois será menos fácil aplicar as técnicas de poupança de combustível.

  • Evite transportar bagagens no tejadilho da viatura: alterar as características aerodinâmicas do veículo implica um consumo acrescido de combustível de cerca de 5%. Quando for imprescindível utilizar acessórios e/ou carga no tejadilho, circule com velocidade moderada.

  • Retire toda a carga desnecessária do porta-bagagens e do interior do veículo. Por cada 50 kg de peso adicional, o consumo de combustível pode aumentar entre 1% e 3% que, em percursos urbanos, é de todo relevante devido às constantes acelerações em situações de pára-arranca.

  • Utilize o ar condicionado apenas quando necessário pois o sistema de ar condicionado pode consumir até meio litro de combustível por hora. No início de uma viagem pode representar um aumento de consumo de cerca de 10%. Em percursos urbanos a refrigeração do habitáculo pode demorar mais tempo do que a própria viagem e, em situações de maior tráfego, um consumo até 20% do combustível gasto.

  • Verifique mensalmente a pressão dos pneus: uma pressão errada leva a um maior consumo de combustível (até 5%), à perda de segurança e a um maior desgaste dos pneus e consequente substituição antecipada. Deve verificar a pressão antes de um percurso longo, sempre antes de ter rodado mais do que 3 km.

  • Mantenha o veículo afinado, verifique o nível de óleo com regularidade e faça as manutenções previstas pelo fabricante. Um carro afinado pode gastar menos 3% de combustível.

  • Evite usar o automóvel em deslocações curtas: poupa combustível e contribui para o seu bem-estar físico.

  • Utilize os transportes públicos: economiza tempo, dinheiro e diminui o stress, ao mesmo tempo que contribui para a melhoria do ambiente das nossas cidades.

  • Considere a partilha de automóvel em deslocações para o trabalho ou de lazer.

Fontes:
http://www.ecoconducao.com/
http://www.imtt.pt/sites/imtt/portugues/condutores/ecoconducao/paginas/ecoconducao.aspx
http://www.cleanvehicle.eu/fileadmin/downloads/Portugal/Portugal/Manual_EcoConducao.pdf

4000 Caracteres remanescentes


Clique no botão "Criar Senha Segura" para lhe apresentarmos uma senha forte que pode usar nas suas contas para permanecerem seguras.

Comentários Recentes

Manurl Conceição Costa
20 horas 24 minutos

Patrão fechou portas por motivo do coronavírus e mandou- me para casa com licença sem vencimento está lei ou não.

Manuel Conceição Costa
20 horas 34 minutos

Patrão fechou portas por motivo coronavírus e mandou-me para casa com licença sem vencimento ele pode fazer isso.

Manuel Conceição Costa
20 horas 45 minutos

Patrão fechou portas e mandou-me para casa com licença sem vencimento pode fazer isso por por causa do coronavírus.

Anónimo
1 dia 2 horas

Bom dia, Devido ao falecimento do meu pai, estive três dias sem apresentação ao trabalho mas a comunicação foi feita no ...

Anónimo
1 dia 2 horas

Há faltas que, muito embora justificadas, não são remuneradas. As motivadas por falecimento de familiar estão nesta categ ...