Boletim

Lares comparticipados pela Segurança Social

Lares comparticipados pela Segurança Social 4.7 out of 5 based on 114 votes.
Votos de utilizador:  / 114
FracoBom 

Nos lares com comparticipação da Segurança Social o beneficiário paga uma percentagem da sua reforma. O valor desta percentagem, bem como a explicação do modo de pagamento, tem que estar fixada no Regulamento Interno e/ou Estatutos da Instituição. Isto para que o funcionamento seja claro para o beneficiário e/ou familiares, caso a Segurança Social não comparticipe o lar ou a vaga em questão. Há lares que têm apenas um determinado número de camas com comparticipação, outras semi-particulares ou mesmo totalmente particulares, a nível do pagamento.

Como calcular o pagamento do Lar de Terceira Idade?
Existem vários tipos de respostas sociais para pessoas idosas
Existem documentos que têm de estar afixados nos lares
A mensalidade de um lar não inclui tudo o que é necessário para o idoso

Inauguracao do Lar de Idosos do Ameixial C.M.Loule Mira 1

Existem dois tipos de lares em Portugal:

  1. Sem alvará (ilegais)

  2. Com alvará (em conformidade com a regulamentação da Segurança Social):Particulares – são instituições de carácter particular/privado que devem ter informações como serviços prestados, mensalidades e modos de pagamento, recursos humanos, mapas de pessoal e de férias, ementas alimentares, entre outras, afixadas em local visível.

    • Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) – são instituições sem fins lucrativos que podem ter, ou não, comparticipação da Segurança Social; o valor da mensalidade nunca pode ser superior ao Custo Real de Utente que consta nos estatutos e/ou regulamento interno da instituição, assim como os serviços incluídos na mensalidade.

    • Misericórdias – instituição que pode acumular o estatuto de IPSS (aplicável a explicação anterior); caso isto não aconteça deve consultar-se os estatutos e/ou regulamento interno da instituição onde deve constar, igualmente, os serviços incluídos na mensalidade.


cecilia Community Builder Avatar   11.02.2016 (22:04:08)
Sim Não

gostaria de saber como devo proceder para ter informaçao para uma possivel procura de lar para os meus pais com ajuda da segurança social ,agradeço a ajuda .obrigada

 
 
       
 
maria zenaide navarro Community Builder Avatar   28.01.2016 (06:24:48)
procuro un lar Sim Não

procuro un lar para a minha tia que esta cuase cega e con a doenca de parkinson e alzermer .vivemos na povoa de varzim e a bastante urgencia a colocarla numa estruture adaptada . agradeco uma ajuda .maria zenaide

 
Attachmentlogo.png
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   02.02.2016 (16:57:38)
Sim Não

Procure na Carta Social (http://www.cartasocial.pt/index1.php).
Fale com uma Assistente Social da Seg. Social.
Procure instituições de apoio social na área de residência.
Fale com uma Assistente Social na Junta de Freguesia.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Daniel Jorge Community Builder Avatar   23.01.2016 (10:01:00)
Urgente Sim Não

Bom dia,

Venho por este meio solicitar um lar no distrito de Coimbra, preferivelmente arredores de Oliveira do Hospital para a minha mãe que se encontra com demência. Neste momento encontra-se num centro do dia, mas não tem acompanhamento durante a noite e fins de semana em casa. O meu pai faleceu há cerca de três anos atrás e a partir daí a situação com a minha mãe vem deteriorando de dia para dia.

Agradeço a vossa resposta.

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   02.02.2016 (16:58:52)
Sim Não

Procure na Carta Social (http://www.cartasocial.pt/index1.php).
Fale com uma Assistente Social da Seg. Social.
Procure instituições de apoio social na área de residência.
Fale com uma Assistente Social na Junta de Freguesia.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Nuno Santos Community Builder Avatar   19.01.2016 (23:20:30)
Pedido de Urgência Sim Não

Tenho uma tia solteira com problemas de demência. Está num centro de dia mas não tem condições para ficar sozinha no período da noite. Tenho de arranjar um lar com a maior urgência na área de Mealhada, Pampilhosa, zona onde vive, ou outro local com preferência na área da Grande Lisboa, zona onde tem familiares. A reforma é baixa e a pensão de subsistência deixada pelo meu avô é muito pequena, andando os dois valores por volta dos 400,00€. Agradeço a quem tiver conhecimento me informe.

 
 
       
 
maria moreira Community Builder Avatar   27.12.2015 (11:54:49)
Sim Não

Desespero pela resposta

 
 
       
 
Rita Costa Community Builder Avatar   27.12.2015 (11:13:12)
Lar para idosa Sim Não

Boa tarde, a minha avó têm demência de alzimer , necessita de ajuda para fazer todas as tarefas( higiene, andar,pois anda com muita dificuldade) não a posso deixar sozinha.já caiu várias vezes por estar sozinha em casa,não tenho condições para a ter em casa pois eu e o meu marido trabalhamos e tenho um filho menor que necessita da minha atenção. Não tenho dinheiro para a por num lar particular( a minha avó tem 389€ de reforma)já pedi ajuda à segurança social e não recebi resposta. A situação está muito complicada pois deixei de ter vida, e quando estou a trabalhar não sei como ela está .Preciso urgentemente de ajuda.

 
 
       
 
maria moreira Community Builder Avatar   12.12.2015 (15:06:49)
ajudas tecnicas Sim Não

boa tarde,
gostava de saber como pedir ajuda para fraldas (incontinência total), para o meu pai de 91 anos e meio, num lar em que tudo isso é pago á parte. Já fiz esse pedido à seg.social uma vez, e veio devolvido por estar mal preenchido, também fui posteriormente informada que o sistema das ajudas mudou. O médico diz não ter conhecimento desses formulários o que duvido. Poderão enviar-me por este meio um exemplar (que eu imprimo) ? O lar onde o meu pai se encontra é mais do dobro da pensão de reforma, e não há posses para suportar por muito tempo. Pedi ajuda á seg.social, tive as entrevistas todas, entreguei tudo o que me pediram, até para os dois, pois a minha mãe faleceu entretanto, mas a comparticipação da seg.social até hoje não chegou :( Poderão verificar no processo o que não está feito corretamente e dar andamento às ajudas que não me canso de pedir? O nº de beneficiário do meu pai é ***********, o nome António Joaquim Saraiva, cont. *********. Com uma reforma de 400 euros é muito difícil pagar 1000 de lar medicamentos produtos de incontinência, como podem calcular. O meu pai encontra-se em particular no lar por pensar que a seg. social iria prestar ajuda a curto prazo, o que não aconteceu até agora, e a situação está muito difícil de segurar. o lar onde se encontra é o C.S.C.R.P.I. de Morelena, interno desde fev/2015 mas em centro de dia há mais tempo. Ajudem-me por favor, preciso mesmo. Sou a filha e o meu contato é *********. Muito obrigada e Boas Festas para todos em especial a quem estiver a ler este comentário.

 
 
       
 
Maria Vicente Community Builder Avatar   07.12.2015 (23:36:41)
Urgente preciso de um lar subsidiado pelo estado para os meus pais Sim Não

Por favor estou desesperada pois tenho aninha mãe acamada e o meu pai esta no hospital e também ficou acamado não temos condições de os por num lar particular pois estou desempregada e tenho que trabalhar para poder pagar as minhas contas por isso é me impossível ajuda los por favor estou desesperada eles têm a suas reformas que são os dois como é que me podem ajudar por favor espero a vossa resposta obrigada.

 
 
       
 
Gaspar Community Builder Avatar   08.12.2015 (09:52:09)
Sim Não

Junto da assistente social do seu centro de saúde ,e paralelamente com a assistente social da segurança social da sua freguesia ,solicitar internamento por imergência social .
A segurança social tem protocolado com os lares vagas que são para ser preenchidas nestas circunstâncias .

 
 
       
 
Fenanda Moutinho Community Builder Avatar   03.12.2015 (00:11:58)
procuro um lar para minha mãe Sim Não

Boa noite, tenho minha mãe que tem 81 anos e vai fazer em Janeiro 1 ano que ela está numa família de acolhimento, ela esteve 2 meses internada do hospital com vario problemas, há 8 dias ela regressou para a residência de acolhimento, só que hoje a senhora me disse que não a podia ter mais lá porque ela sem de noite começa a gritar e que perturba os outros utentes. eu não sei o que fazer nem onde a por pois ela veio do hospital demente e de cabisbaixo o olhar dela é triste pois a senhora faz questão de lhe dizer que se ela não tiver outros modos que não a quer lá, só que eu vejo que minha mãe não está consciente, não sei o que fazer e nem aquém pedir ajuda. é muito triste quando uma pessoa chega a certa idades e em vez de ter um pouco de conforto, é tratada assim, a reforma não é grande, mas 650€ é o que estamos a dar actualmente e não temos mais para dar somos quatro irmãos e temos uma vida precária pois eu estou desempregada e os meus outros irmãos são doentes já tiveram 2 ABC e estão com baixa por conta de esses problemas de saúde será que me podem ajudar?

 
 
  Fenanda Moutinho      
 
Boa tarde, o meu nome é sonia alenquer não sei se já resolveu a situação da sua mãe, caso não deixo aqui o meu contacto, *********. Ass: sonia alenquer Community Builder Avatar   30.01.2016 (17:37:35)
Casa de repouso*sorriso dos avós * Sim Não

Conte comigo.. Tenho experiência nesta area

 
 
       
 
carla Community Builder Avatar   02.01.2016 (23:15:18)
apoio a terceira idade Sim Não

ola boa noite sou de braga neste momento tenho uma empresa de apoio ao domicilio abrimos um alojamento vocacionado para idosos cuja as famílias possam pagar a sua medida para nos e importante dar conforto e independência a situacoes de grande emergência nao hesite em ligar uma ajuda e sempre bem vinda nunca desista de lutar, obrigada bom ano

 
 
       
 
liliana Community Builder Avatar   28.01.2016 (10:17:20)
procuro ajuda urgente para a minha avo Sim Não

Bom dia, estou desesperada pois tenho minha avó de 84 anos a viver conosco..está num centro de dia mas durante a noite e fim de semana não tem sido fácil.já está muito esquecida...estou grávida de 8 meses e tenho um filho de 7 anos.ando esgotada pois não tenho ajuda de ninguém e acaba por ser uma prisão.ela só tem rendimento de 500euros daí ser difícil arranjar um lar.não sei mais o que fazer e a quem pedir ajuda.meu contato é ********.gostava que me dissesem alguma coisa.muito obrigada

 
 
       
 
 

Smileys

:confused: :cool: :cry: :laugh: :lol: :normal: :blush: :rolleyes: :sad: :shocked: :sick: :sleeping: :smile: :surprised: :tongue: :unsure: :whistle: :wink: 

Para garantir uma resposta às suas perguntas, utilize preferencialmente o nosso fórum.
Faça login para ver mais rapidamente que o seu comentário foi publicado.
Para sua segurança, não permitimos a inclusão de dados de contacto pessoais nos comentários como endereços de correio eletrónico ou números de telefone. Para contactar outros utilizadores do site, registe-se e estabeleça uma ligação para poderem trocar mensagens.

  4000 caracteres disponíveis

Antispam Actualizar imagem Não é sensível a maiúsculas