Boletim

Lares comparticipados pela Segurança Social

Votos de utilizador:  / 126
FracoBom 

Nos lares com comparticipação da Segurança Social o beneficiário paga uma percentagem da sua reforma. O valor desta percentagem, bem como a explicação do modo de pagamento, tem que estar fixada no Regulamento Interno e/ou Estatutos da Instituição. Isto para que o funcionamento seja claro para o beneficiário e/ou familiares, caso a Segurança Social não comparticipe o lar ou a vaga em questão. Há lares que têm apenas um determinado número de camas com comparticipação, outras semi-particulares ou mesmo totalmente particulares, a nível do pagamento.

Como calcular o pagamento do Lar de Terceira Idade?
Existem vários tipos de respostas sociais para pessoas idosas
Existem documentos que têm de estar afixados nos lares
A mensalidade de um lar não inclui tudo o que é necessário para o idoso

Inauguracao do Lar de Idosos do Ameixial C.M.Loule Mira 1

Existem dois tipos de lares em Portugal:

  1. Sem alvará (ilegais)

  2. Com alvará (em conformidade com a regulamentação da Segurança Social):Particulares – são instituições de carácter particular/privado que devem ter informações como serviços prestados, mensalidades e modos de pagamento, recursos humanos, mapas de pessoal e de férias, ementas alimentares, entre outras, afixadas em local visível.

    • Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) – são instituições sem fins lucrativos que podem ter, ou não, comparticipação da Segurança Social; o valor da mensalidade nunca pode ser superior ao Custo Real de Utente que consta nos estatutos e/ou regulamento interno da instituição, assim como os serviços incluídos na mensalidade.

    • Misericórdias – instituição que pode acumular o estatuto de IPSS (aplicável a explicação anterior); caso isto não aconteça deve consultar-se os estatutos e/ou regulamento interno da instituição onde deve constar, igualmente, os serviços incluídos na mensalidade.


Sandra maria rodrigues garcia Community Builder Avatar   01.05.2016 (00:04:05)
Vaga para lar parz o meu pai Sim Não

Godtaria de ser contactado para entrevista meu numero ********* obrigada

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   02.05.2016 (13:50:37)
Sim Não

O sabiasque.pt é um serviço prestado aos/às cidadãos e cidadãs, pelo que não tem como ajudá-lo/a a resolver o assunto em questão. Sugerimos-lhe que contacte diretamente a entidade à qual se está/gostaria de candidatar.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Fátima Community Builder Avatar   20.04.2016 (11:38:30)
Sim Não

Bom dia!! Estou numa situação complicada porque neste momento o meu pai está a ficar demente, já está com incontinência e quem cuida dele é a minha mãe que já tem 81 anos. Vivo um pouco distante deles e só consigo estar aos sábados com eles. Vivo na ilha da Madeira e não sei como ajudá-los e onde poderei recorrer para internar o meu pai pq não sei até quando a minha mãe vai conseguir cuidar dele. Tem uma reforma que não chegam aos 400 euros e a dela fica pelos duzentos e pouco.

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   02.05.2016 (13:48:24)
Sim Não

Deverá consultar a Carta Social (http://www.cartasocial.pt/index2.php) para verificar quais são os equipamentos mais próximos que podem prestar apoio na situação específica. Poderá também contactar um/a assistente social na Junta de Freguesia da área de residência dos seus pais ou na própria Seg. Social distrital de forma a poder informar-se sobre possibilidades de apoio.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
José Manuel Abrantes Ribeiro dos Santos Community Builder Avatar   13.02.2016 (11:29:55)
Lar para a minha mãe, Sim Não

Neste momento a minha está com 96 anos e tem um rendimento anual de 5.176,21 €. Eu tenho presentemente um rendimento mensal de 674,95€ moro num 3º andar sem elevador e tenho uma despesa mensal de 600,00 €. A minha mãe presentemente mora com as cunhadas que já são idosas. Eu sou um doente oncológico. Para trazer minha mãe para minha casa ela já não consegue sair e eu não tenho posses para pagar a alguém que olhe por ela.
Por isso venho pedir que olhem para a minha situação pois não sei qual sera o meu dia amanhã, presentemente estou separado.
MARIA ***** ****** *********
nº DE IDENTIFICAÇÂO ***********/**

 
 
       
 
claudia moreira Community Builder Avatar   08.05.2016 (20:42:39)
Disponibilidade para ficar com a sua mae Sim Não

estou disposta a cuidar da sua mae,dar lhe amor ,carinho e atencao.adoro idosos e mais uma vez estou capaz de me oferecer para tal apenas com a reforma da sra.posso traze la para minha casa . tenho autorizacaao da ss.estou disposta ao dialogo.

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   16.02.2016 (12:18:30)
Sim Não

Caro José, bom dia.

Alguém da família terá de falar com um(a) assistente social da Segurança Social, seja nos serviços de atendimento ou no Centro Regional da Seg. Social (pesquisa na página http://www4.seg-social.pt/servicos-de-atendimento), ou um(a) assistente social na Junta de Freguesia, para que se possa solucionar o caso da sua mãe.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
cecilia Community Builder Avatar   11.02.2016 (22:04:08)
Sim Não

gostaria de saber como devo proceder para ter informaçao para uma possivel procura de lar para os meus pais com ajuda da segurança social ,agradeço a ajuda .obrigada

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   16.02.2016 (12:20:18)
Sim Não

Bom dia Cecília.

A procura de um lar para familiares poderá compreender os seguintes passos:

Fale com uma Assistente Social da Segurança Social.
Procure na Carta Social (http://www.cartasocial.pt/index1.php).
Procure instituições de apoio social na área de residência.
Fale com uma Assistente Social na Junta de Freguesia.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Ricardo Pereira Community Builder Avatar   Website 17.02.2016 (13:12:26)
Procura de instituição Sim Não

Boa Tarde

A Plataforma Lares Online (http://www.laresonline.pt/) poderá ajuda-la na procura de uma instituição sem qualquer custos.
Poderá fazer uma pesquisa por concelho, ou então submeter um pedido e irá receber no seu email as respostas de cada instituição com vagas,custos e condições das mesma.
E isto tudo sem qualquer custo.

Atenciosamente

Lares Online

 
 
       
 
maria zenaide navarro Community Builder Avatar   28.01.2016 (06:24:48)
procuro un lar Sim Não

procuro un lar para a minha tia que esta cuase cega e con a doenca de parkinson e alzermer .vivemos na povoa de varzim e a bastante urgencia a colocarla numa estruture adaptada . agradeco uma ajuda .maria zenaide

 
Attachmentlogo.png
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   02.02.2016 (16:57:38)
Sim Não

Procure na Carta Social (http://www.cartasocial.pt/index1.php).
Fale com uma Assistente Social da Seg. Social.
Procure instituições de apoio social na área de residência.
Fale com uma Assistente Social na Junta de Freguesia.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Daniel Jorge Community Builder Avatar   23.01.2016 (10:01:00)
Urgente Sim Não

Bom dia,

Venho por este meio solicitar um lar no distrito de Coimbra, preferivelmente arredores de Oliveira do Hospital para a minha mãe que se encontra com demência. Neste momento encontra-se num centro do dia, mas não tem acompanhamento durante a noite e fins de semana em casa. O meu pai faleceu há cerca de três anos atrás e a partir daí a situação com a minha mãe vem deteriorando de dia para dia.

Agradeço a vossa resposta.

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   02.02.2016 (16:58:52)
Sim Não

Procure na Carta Social (http://www.cartasocial.pt/index1.php).
Fale com uma Assistente Social da Seg. Social.
Procure instituições de apoio social na área de residência.
Fale com uma Assistente Social na Junta de Freguesia.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Nuno Santos Community Builder Avatar   19.01.2016 (23:20:30)
Pedido de Urgência Sim Não

Tenho uma tia solteira com problemas de demência. Está num centro de dia mas não tem condições para ficar sozinha no período da noite. Tenho de arranjar um lar com a maior urgência na área de Mealhada, Pampilhosa, zona onde vive, ou outro local com preferência na área da Grande Lisboa, zona onde tem familiares. A reforma é baixa e a pensão de subsistência deixada pelo meu avô é muito pequena, andando os dois valores por volta dos 400,00€. Agradeço a quem tiver conhecimento me informe.

 
 
       
 
 

Smileys

:confused: :cool: :cry: :laugh: :lol: :normal: :blush: :rolleyes: :sad: :shocked: :sick: :sleeping: :smile: :surprised: :tongue: :unsure: :whistle: :wink: 

Para garantir uma resposta às suas perguntas, utilize preferencialmente o nosso fórum.
Faça login para ver mais rapidamente que o seu comentário foi publicado.
Para sua segurança, não permitimos a inclusão de dados de contacto pessoais nos comentários como endereços de correio eletrónico ou números de telefone. Para contactar outros utilizadores do site, registe-se e estabeleça uma ligação para poderem trocar mensagens.

  4000 caracteres disponíveis

Antispam Actualizar imagem Não é sensível a maiúsculas