Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O Ministério da Ecologia, Desenvolvimento Sustentável e Energia francês emitiu um decreto de preservação de energia, que entrou em vigor a 1 Julho 2013, e que obriga comerciantes e proprietários de edifícios não residenciais a desligar as luzes durante a noite, de modo a economizar energia.

As lojas e os edifícios não residenciais em França terão de desligar todas as luzes interiores a partir da 1h da manhã ou até 1h após a saída do último trabalhador, sendo que as luzes exteriores das fachadas também devem ser apagadas entre a 1h e as 7h da manhã.

Paris será provavelmente o lugar que mais sentirá os efeitos deste decreto, a cidade das luzes é conhecida por ter as suas ruas e os seus monumentos iluminados durante a noite, sendo que existem algumas excepções ao decreto: a Torre Eiffel continuará a ter as suas luzes nocturnas acesas e será concedida imunidade a algumas áreas durante feriados e eventos culturais.

O Ministério da Ecologia, Desenvolvimento Sustentável e Energia francês prevê que este decreto/proibição ajude a economizar 200 milhões de euros e 250 mil toneladas de dióxido de carbono por ano. 

Para quem contrariar a proibição, as multas podem ir até 750 euros e as reincidências podem ser penalizadas com a suspensão do fornecimento (corte) da electricidade.

Fonte: http://greensavers.sapo.pt/temas/energia/

maria
Boa imformaçâo,todos os paises deviam fazer assim.!!!

4000 Caracteres remanescentes