Índice do artigo

As pessoas idosas devem ser vistas como pessoas válidas apesar das suas limitações e/ ou incapacidades, por isso, é muito importante que se tenha consciência de que tipo de resposta a mais adequada para cada caso. Existem várias respostas que têm como objectivo melhorar a qualidade de vida da pessoa idosa, por isso, a resposta deve ser a mais adequada, de acordo com a vontade da pessoa idosa.

Como calcular o pagamento do Lar de Terceira Idade?
Existem documentos que têm de estar afixados nos lares
A mensalidade de um lar não inclui tudo o que é necessário para o idoso
Lares comparticipados pela Segurança Social

Centro de Dia - consiste num estabelecimento, que presta um conjunto de serviços que contribuem para a manutenção dos idosos no seu meio sócio-familiar, durante o dia. Assegurando serviços como refeições, convívio, ocupação, cuidados de higiene, tratamento de roucas, férias organizadas, entre outras actividades.

Centro de Noite - consiste num estabelecimento de acolhimento nocturno, prioritariamente para pessoas idosas com autonomia que, durante o dia, permaneçam no seu domicílio. É um serviço que assegura o alojamento nocturno, ceia, pequeno-almoço, e permitem a higiene pessoal.

Centro de Convívio - consiste num espaço onde as pessoas podem conviver e ocupar os tempos livres, com actividades lúdicas.

Apoio Domiciliário - consiste na prestação de cuidados no domicílio a pessoas dependentes, seja temporária ou permanentemente, de modo a assegurar a satisfação das suas necessidades básicas e actividades da vida diária.

Lar - consiste num estabelecimento de acolhimento, assegurando o fornecimento da alimentação, cuidados de saúde, higiene e conforto. É também um local onde deve ser estimulado o convívio e a ocupação dos tempos livres através da animação social.

Residências - consistem num estabelecimento idêntico ao lar, mas com a privacidade de uma habitação. Isto é, um conjunto de pequenas habitações sejam apartamentos ou moradias, geralmente com a dimensão dum T1, onde está assegurado o fornecimento da alimentação, cuidados de saúde, higiene, bem como, o convívio e ocupação de tempos livres através de actividades lúdicas.

Colónia de férias - consiste numa alternativa destinada à satisfação de necessidades de lazer e de quebra de rotina, muito importantes para o equilíbrio físico, mental e social, não só destinado às faixas etárias mais jovens.

Manuela de Brito
Cuidados de higiene no lar
Boa noite, a minha mãe de 86 anos, com Alzheimer em estado avançado, mas ainda com alguma autonomia, foi integrada num lar da segurança social no dia 8/9/2015. Quando a visitei no dia 12/9/2015, tinha vestida a mesma roupa com que entrou no dia 8 e a cabeça estava muito suja.
Questionei as empregadas presentes sobre a higiene e foi-me dito que as pessoas não tomam banho todos os dias (mas também não me disseram com que frequencia) porque as empregadas não têm tempo. Pedi que lhe lavassem a cabeça ( a roupa fui eu que a troquei e a trouxe para lavar). No dia seguinte tinha a cabeça lavada à frente e atrás continuava suja.
Voltei a questionar as empregadas, mas a resposta foi que não tinham estado no turno da manhã e não sabiam de nada.
Ainda pensei que contatassem alguem do turno da manhã para me darem uma resposta concreta, mas não se mostraram disponiveis.
Tive que ser eu a lavar-lhe a cabeça da minha mãe. Quando entramos na casa de baho a minha mãe disse-me " ainda bem que vou tomar banho, já estava a precisar". Sabendo que muitas vezes a doença não lhe permite contar a realidade, questionei-a várias vezes e com palavras diferentes sobre o banho e a resposta foi sempre negativa. Repetiu sempre que só tomava banho com o chuveiro em minha casa, no lar toma banho com um pano molhado e depois secam-lhe o corpo com uma toalha seca.De facto na casa de banho estão sempre vários toalhetes molhados e algumas toalhas e um alguidar sempre com um resto de espuma. Disse-me ainda que a cabeça era lavada no lavatório, o que poderá ser a razão para só estar lavada à frente.
A minha questão é saber se os utentes de um lar não têm que tomar um banho diário (a minha mãe usa fralda à noite), ou existe alguma norma geral nos lares para que as pessoas só tomem banho de x em x tempo? Estou desolada e só tive vontade de trazer a minha mãe comigo, mas infelizmente não a posso deixar sózinha em casa e tenho que trabalhar. Sinto- me muito desconfortável com esta situação. Por favor, peço que me aconselhem sobre o meu procedimento sobre a falta de higiene, ou esclarecam-me se isto é normal nos lares de idosos. Obrigada. Com os meus cumprimentos.

Nika Paiva
Cuidados de higiene no lar
Ola, boa tarde. Registei-me há pouco tempo neste site e pesquisando algumas informações que eu precisava, não pude deixar de ver o seu comentário. Sou auxiliar de Geriatria e já passei por vários lares como voluntária e trabalhadora. É inadmissível que haja falta de higiene com o idoso e na própria casa de banho. A higiene dos idosos deve ser diária, assim como é a primeira tarefa a fazer logo pela manhã.
O facto de as auxiliares não lhe saberem responder é estranho, pois tem de haver um momento nas passagens de turno, em que há troca de informação sobre os idosos. A falta de tempo...é uma desculpa para a preguiça... não se justifica, ou não têm auxiliares suficientes para responder a todas as tarefas a serem realizadas. Aqui deixo a minha opinião, já um pouco tardia. Fale com a directora técnica e tente perceber melhor quais são as rotinas aplicadas aos idosos. Se acha que não se adequa à sua mãe, o melhor mesmo será procurar outro lar.

Manuela de Brito
Cuidados de higiene e medicação no lar
Boa noite, a minha mãe de 86 anos, com Alzheimer em estado avançado, mas ainda com alguma autonomia, foi integrada num lar da segurança social no dia 8/9/2015. Quando a visitei no dia 12/9/2015, tinha vestida a mesma roupa com que entrou no dia 8 e a cabeça estava muito suja.
Questionei as empregadas presentes sobre a higiene e foi-me dito que as pessoas não tomam banho todos os dias (mas também não me disseram com que frequencia) porque as empregadas não têm tempo. Pedi que lhe lavassem a cabeça ( a roupa fui eu que a troquei e a trouxe para lavar). No dia seguinte tinha a cabeça lavada à frente e atrás continuava suja.
Voltei a questionar as empregadas, mas a resposta foi que não tinham estado no turno da manhã e não sabiam de nada.
Ainda pensei que contatassem alguem do turno da manhã para me darem uma resposta concreta, mas não se mostraram disponiveis.
Tive que ser eu a lavar-lhe a cabeça da minha mãe. Quando entramos na casa de baho a minha mãe disse-me " ainda bem que vou tomar banho, já estava a precisar". Sabendo que muitas vezes a doença não lhe permite contar a realidade, questionei-a várias vezes e com palavras diferentes sobre o banho e a resposta foi sempre negativa. Repetiu sempre que só tomava banho com o chuveiro em minha casa, no lar toma banho com um pano molhado e depois secam-lhe o corpo com uma toalha seca.De facto na casa de banho estão sempre vários toalhetes molhados e algumas toalhas e um alguidar sempre com um resto de espuma. Disse-me ainda que a cabeça era lavada no lavatório, o que poderá ser a razão para só estar lavada à frente.
A minha questão é saber se os utentes de um lar não têm que tomar um banho diário (a minha mãe usa fralda à noite), ou existe alguma norma geral nos lares para que as pessoas só tomem banho de x em x tempo? Estou desolada e só tive vontade de trazer a minha mãe comigo, mas infelizmente não a posso deixar sózinha em casa e tenho que trabalhar. Sinto- me muito desconfortável com esta situação. Por favor, peço que me aconselhem sobre o meu procedimento sobre a falta de higiene, ou esclarecam-me se isto é normal nos lares de idosos. Obrigada. Com os meus cumprimentos.

Marco
Lista de lares
Boa tarde,

Gostaria de agradecer este post e perguntar se existe uma lista dos lares em Portugal comparticipados pelo estado, bem como o que é necessário fazer, preencher algum formário ou algo do género.

Obrigado.

Marco

Beatriz Madeira
Caro Marco, boa tarde.

Poderá consultar na Carta Social (a partir de http://www.cartasocial.pt/index2.php) a relação de todos os equipamentos sociais em Portugal, muito embora não lhe consigamos dizer se serão todos comparticipados.

Marco
Obrigado pela resposta!
Beatriz Madeira
Cara Lucila,

O Sabias Que lamenta apenas agora estar a responder à questão que coloca, esperando ainda ser útil.
Considera-se que existe a obrigatoriedade de responder de forma digna às necessidades dos utentes dos equipamentos de terceira idade (lares), seja residentes ou em regime de apoio domiciliário. No entanto, os serviços disponibilizados pelos lares respondem a um conjunto de normas que, por vezes, são difíceis de "contornar". Pode acontecer que o lar tenha definido um horário para o apoio domiciliário e que isso esteja homologado pela segurança social, o que quer dizer que se "saírem" desse horário podem incorrer em multas graves e até mesmo o encerramento.

Para saber como é que o serviço de apoio domiciliário funciona, respectivos horários e tipo de serviços prestados, sugerimos que consulte o regulamento interno do lar (algo que é obrigatório eles terem). Isto de forma a perceber se lhe estão a "fazer um favor" ou se, por outro lado, está no seu direito de reclamar que o serviço de apoio domiciliário seja feito a determinadas horas. Caso tenha dificuldades nisto, pode sempre dirigir-se aos serviços regionais da segurança social relativamente a esta questão, ou para saber o que fazer, uma vez que são eles que regulamentam e dão alvarás aos lares.

Também pode dirigir-se aos serviços regionais da segurança social para saber as alternativas que tem no caso de apoio domiciliário para a sua mãe, nomeadamente para encontrar um serviço que responda às vossas necessidades concretas, que não a coloquem a si "numa luta constante" pela dignidade humana, uma vez que esta, por si, deve existir sem ser questionada.

Lucila
47
Sou doente onculogica trato da minha mãe que é doente de alzheimer!Consegui apoio domiciliaria do lar pedi para virem sempre depois das dez horas (foi aceite e mesmo assim ela está a dormir),ultimamente e por ordem do lar vem ás nove horas,eu tenho que ajudar porque ela fica a dormir em pé.Será que os lares existem para tratar os idosos com a dignidade que eles merecem ou tem que levar com a arrugância de quem o dirige?
Beatriz Madeira
Cara Rosa Cardoso,

Não há forma de contornar a questão. A segurança social é a entidade reguladora da actividade dos equipamentos sociais destinados à terceira idade e é quem fornece os alvarás. A nossa sugestão é mesmo que contactem o serviço VIA segurança social e lhes coloquem a questão directamente. O número é o 808 266 266 e funciona todos os dias úteis das 08h00 às 20h00, com o custo de chamada local a partir de rede fixa em Portugal.

Beatriz Madeira
A segurança social é a entidade reguladora da actividade dos equipamentos sociais destinados à terceira idade e é quem fornece os alvarás. Assim, sugerimos que ligue para o VIA segurança social e lhes coloque a questão directamente. O número é o 808 266 266 e funciona todos os dias úteis das 08h00 às 20h00, com o custo de chamada local a partir de rede fixa em Portugal.
Maria pereira
Exas.

como existe uma grande carência em colocar os idosos, dependentes ou não, pois as famílias sentem imensa dificuldade de alguém que cuide deles, lhes dê atenção e o carinho que merecem como seres humanos. Para além de pagarem mensalidades altíssimas, que na maior parte das vezes não suportam, e têm de deixar os mesmos aos cuidados de alguém, a quem não devem, mas não têm alternativa. Gostaria que me dessem por favor informações sobre como e onde candidatar-me para poder acolher com carinho e dignidade essa faxa etária de quem tanto gosto! Tenho quem me "ceda" uma vivenda pequena, mas com condições óptimas de habitabilidade e gostaria ou na área da criança, ou na área do idoso, mais para o idoso, pois sinto que a carência é muito maior, saber como posso propor-me para tal fim. posso adiantar que a vivenda fica em Lousa/Loures, onde a carência é mais notória pelo estudo que efectuei. Informo ainda que tenho experiência na área, pois fui auxiliar de acção médica largos anos, iniciei o curso de enfermagem que não concluí por motivos pessoais, apenas me ficou a faltar um semestre, mas tive de desistir.
Se eventualmente tiverem o contacto de alguém talvez me seja mais fácil, pois as burocracias por vezes superam a vontade de...


Pelo exposto solicito uma orientação onde dirigir-me e quais os apoios que existem a nível de equipamentos.
Já tentá-mos contactar o telefone 218424200, no areeiro e não se consegue efectuar a chamada. Caso fosse possível fornecer-me o mail agradecia. Obrigada


Com os melhores cumprimentos,

Rosa Cardoso Contacto *********, ou Sílvia Henriques: *********

+0


Rosa
52
Exas.

como existe uma grande carência em colocar os idosos, dependentes ou não, pois as famílias sentem imensa dificuldade de alguém que cuide deles, lhes dê atenção e o carinho que merecem como seres humanos. Para além de pagarem mensalidades altíssimas, que na maior parte das vezes não suportam, e têm de deixar os mesmos aos cuidados de alguém, a quem não devem, mas não têm alternativa. Gostaria que me dessem por favor informações sobre como e onde candidatar-me para poder acolher com carinho e dignidade essa faxa etária de quem tanto gosto! Tenho quem me "ceda" uma vivenda pequena, mas com condições óptimas de habitabilidade e gostaria ou na área da criança, ou na área do idoso, mais para o idoso, pois sinto que a carência é muito maior, saber como posso propor-me para tal fim. posso adiantar que a vivenda fica em Lousa/Loures, onde a carência é mais notória pelo estudo que efectuei. Informo ainda que tenho experiência na área, pois fui auxiliar de acção médica largos anos, iniciei o curso de enfermagem que não concluí por motivos pessoais, apenas me ficou a faltar um semestre, mas tive de desistir.
Se eventualmente tiverem o contacto de alguém talvez me seja mais fácil, pois as burocracias por vezes superam a vontade de...


Pelo exposto solicito uma orientação onde dirigir-me e quais os apoios que existem a nível de equipamentos.
Já tentá-mos contactar o telefone 218424200, no areeiro e não se consegue efectuar a chamada. Caso fosse possível fornecer-me o mail agradecia. Obrigada


Com os melhores cumprimentos,

Rosa Cardoso Contacto ********, ou Sílvia Henriques: *********

Beatriz Madeira
Caro Manuel M.,
Lamentavelmente não temos acesso à legislação que regulamenta a actividade dos equipamentos destinado à 3ª Idade, pelo que não conseguimos responder à questão que coloca. No entanto, o prazo para aviso de encerramento tem que estar indicado no Regulamento Interno do lar, pelo que sugerimos a sua consulta. Deixamos a indicação de um link onde poderá fazer uma pesquisa por localidade dos equipamentos sociais disponíveis: http://www.cartasocial.pt/index2.php

Beatriz Madeira
Cara Patrícia Guimares,

Os equipamentos sociais (lares ou centros de dia) destinados à terceira idade devem ter condições de acolhimento de pessoas com doenças degenerativas, incluindo Doença de Alzeimer.

Pedro Fernandes
Tenho a minha sogra numa residência sénior privada que vai fechar.
Com que tempo de antecedència os familiares dos utentes deverão ser informados para diligenciarem a procura de soluções alternativas?

Melhores cumprimentos

Patrícia Margarida ferreira Guimares
15
sobre tudo gostarida de saber se pode existir num lar de dia e de noite ou centros de dia com idosos com doenças degenerativas ou mesmo o Alzheimer:)
Beatriz Madeira
Existem, por parte da segurança social, apoios sociais para idosos e para pessoas em situação de carência sócio-económica que poderão aplicar-se a diversas situações. No caso da segurança social não dar uma resposta satisfatória, pode procurar-se um centro social ou um centro paroquial da zona de residência da(s) pessoa(s) idosa(s) pois estes têm, muitas vezes, respostas eficazes para apoio a idosos e/oupessoas em situação de carência sócio-económica.

4000 Caracteres remanescentes


Conchas e Areia

Marcação de férias desde 2013

Em 2013, houve alterações à legislação laboral (Código do Trabalho) que regulamenta a marcação de férias. Veja aqui como proceder para contabilizar, marcar e alterar os dias de férias em...

 

Comentários Recentes

Joana Santos
1 dia 16 horas

No meu recibo o valor dia é calculado pelos dias úteis e não pelos 30 dias, isso é possível. É que quando fico de baixa ...

Beatriz
3 dias 8 horas

Minha filha tem 13 anos tá grávida de quase 2 meses a médica quer fazer um aborto ..eu não posso ficar com a criança?nó ...

Mauro
4 dias 1 hora

boa tarde, antes de mais os meus melhores cumprimentos. venho por este meio solicitar ajuda e orientação de como proc ...

gomes
4 dias 4 horas

Boa Tarde, Sou administrativa e trabalho a 2ªf. a 6ªf. , 40 horas semanais. o meu pai tem 88 anos, e vive comigo e depende ...

DIANA
4 dias 19 horas

Gostava de saber se o tempo gozado como licença por assistência a filho, após a licença de parentalidade alargada, produz ...