Entrevista de emprego em situação de desemprego de longa duração

Votos de utilizador:  / 4
FracoBom 

Uma entrevista de emprego em situação de desemprego de longa duração pode ser difícil, mas existem formas de "contornar" algumas questões colocadas pelo entrevistador, de forma a que não se sinta envergonhado ou que fique sem resposta.

Preparar-se para a entrevista e procurar montrar que tem estado ativo são a melhor "arma/defesa". Aqui ficam algumas dicas para respostas numa entrevista de emprego em situação de desemprego de longa duração.

Questão: Porque deixou o seu último emprego?

Esta pergunta não tem uma "boa resposta", sendo ideal que se diga a verdade e que se evite comentários depreciativos sobre o último emprego, empregador ou empresa. Evidencie os pontos positivos das anteriores ou da última experiência laboral.

Questão: Porque está há tanto tempo desempregado? ou Porque não conseguiu ainda encontrar emprego?

Esta pergunta poderá ser respondida pela demonstração de que está ativo. O entrevistador poderá valorizar factos como estar à procura de emprego e de novas oportunidades, ter colaborado em projetos (de que tipo e em que funções) ou feito voluntariado, a ativação do seu networking, se está atento aos sites de emprego, se se mantém a par das notícias nos meios de comunicação ou outras formas de pró-atividade.

Questão: O que faz para ocupar o tempo?

Esta pergunta tem uma resposta que envolve todas e quaisquer formas de valorização das suas qualificações e competências, numa "aposta no crescimento pessoal e profissional", seja por via da formação académica e/ou profissional, formação em línguas estrangeiras ou formação vocacional temática e/ou específica, entre outras vias de melhoria do seu currículo.

Questão: O tempo que esteve parado “enferrujou-o” profissionalmente?

Esta pergunta tem uma resposta claramente negativa. Procure demonstrar que houve espaço para reciclagem de conhecimentos e/ou novas aprendizagens sobre temáticas recentes/emergentes (por via de leitura, investigação, participação em formações, seminários, workshops, etc.) e que manteve contacto com amigos e/ou outros profissionais a trabalhar na mesma área de atividade profissional.


Smileys

:confused: :cool: :cry: :laugh: :lol: :normal: :blush: :rolleyes: :sad: :shocked: :sick: :sleeping: :smile: :surprised: :tongue: :unsure: :whistle: :wink: 

Para garantir uma resposta às suas perguntas, utilize preferencialmente o nosso fórum.
Faça login para ver mais rapidamente que o seu comentário foi publicado.
Para sua segurança, não permitimos a inclusão de dados de contacto pessoais nos comentários como endereços de correio eletrónico ou números de telefone. Para contactar outros utilizadores do site, registe-se e estabeleça uma ligação para poderem trocar mensagens.

  4000 caracteres disponíveis

Antispam Actualizar imagem Não é sensível a maiúsculas