Apoios sociais ao arrendamento

Votos de utilizador:  / 171
FracoBom 

Subsídio de Renda de Casa da Segurança Social

O subsídio de renda de casa é um apoio mensal pago em dinheiro para proteger os inquilinos economicamente desfavorecidos, sobretudo face ao Novo Regime de Arrendamento Urbano.

TEM DIREITO ao subsídio de renda de casa se:

  1. Tiver um contrato de arrendamento para habitação permanente anterior a 18 Novembro 1990.

  2. O senhorio quiser atualizar a renda ao abrigo do Novo Regime de Arrendamento Urbano.

  3. Tiver menos de 65 anos e o seu agregado familiar tiver tido no ano anterior um Rendimento Anual Bruto Corrigido (RABC) inferior a 3 x RMMG x 14 (em 2010, 19.950 Eur e em 2011, 20.370 Eur).

  4. Tiver 65 anos ou mais e o seu agregado familiar tiver tido no ano anterior um Rendimento Anual Bruto Corrigido (RABC) inferior a 5 x RMMG x 14 (em 2010, 33.250 Eur e em 2011, 33.950 Eur).

NÃO TEM DIREITO ao subsídio de renda de casa quem:

  1. Tiver no mesmo concelho, ou nos concelhos vizinhos, um imóvel para habitação desocupado, adquirido após o início do contrato de arrendamento, excepto se tiver sido uma herança. Este imóvel pode pertencer ao inquilino, ao cônjuge ou à pessoa com quem vive em união de facto há mais de 2 anos.

  2. Tiver hóspedes ou subarrendar parte ou a totalidade da casa.

Acumulação de Prestações

Não se pode acumular o subsídio de renda de casa com outras prestações que se receba da Segurança Social.

Quem Faz o Pedido

O inquilino em cujo nome está o contrato de arrendamento.

Como Pedir

Formulários

  1. Modelo Único Simplificado - pedido de subsídio de renda e comunicações de alterações

  2. Anexo ao Modelo Único Simplificado - autorização para o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana aceder a informação sobre os rendimentos dos membros do agregado familiar do arrendatário (obrigatório se viver com familiares).

Documentos

  1. Comunicação ou carta do senhorio, datada e assinada, com a identificação do senhorio e do imóvel arrendado, com o valor da renda antiga e da nova renda e o faseamento proposto para a actualização.

  2. Comprovativo da avaliação do imóvel arrendado, feita há menos de três anos.

  3. Comprovativo do nível de conservação do prédio que não pode ser inferior a 3, salvo as situações de dispensa do nível de conservação.

  4. Cópia dum documento de identificação válido do inquilino e, se existirem, dos membros do seu agregado familiar.

  5. Cópia do contrato de arrendamento.

Os formulários podem ser descarregados em www.portaldahabitacao.pt /pt/nrau/home > Formulários.

Se entregar o Modelo Único Simplificado pela Internet, o que só pode fazer se viver sozinho e não tiver de entregar o Anexo, tem de digitalizar os documentos.

Onde Pedir

Se viver sozinho, no site www.portaldahabitaçao.pt (tem de se registar e, para entrar, precisa da palavra-passe das Finanças; se ainda não tiver esta palavra-passe, pode pedi-la na página da internet das declarações electrónicas www.e-financas.pt) ou nos Serviços da Segurança Social.

Se viver com familiares e tiver de entregar o Anexo ao Modelo Único Simplificado, nos Serviços da Segurança Social.

Tempo de Resposta

O Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana comunica a sua decisão à pessoa que fez o pedido no prazo de 45 dias, a contar da data de apresentação do pedido, desde que contenha todas as informações necessárias.

A Partir de Quando se Recebe

A partir do mês seguinte ao da apresentação do pedido.

Durante Quanto Tempo se Recebe

O subsídio de renda de casa é pago por 12 meses e é automaticamente renovável por iguais períodos, caso se mantenham as condições que levaram à sua atribuição.

A Quem é Pago

O subsídio de renda de casa pode ser pago ao inquilino, aos seus representantes legais ou às pessoas/entidades que lhe prestem assistência, desde que sejam consideradas idóneas pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, quando o inquilino for considerado incapaz ou estiver à espera que seja nomeado um representante legal ou não puder, temporária ou permanentemente, receber o subsídio por estar doente ou internado num estabelecimento de apoio social ou outro equiparado.

Quanto se Receve

O subsídio é igual à diferença entre o valor da nova renda e o valor da renda base (a renda que está dentro das possibilidades económicas da família – ver abaixo como é calculada). Em 2011 variou entre 24,25 Eur (valor abaixo do qual não é pago) e 485,00 Eur. Não se recebe subsídio se este for de valor inferior a 5% da RMMG em vigor nesse ano. Quando o valor da renda antiga for igual ou superior ao da renda base, o subsídio é igual à diferença entre a nova renda e a antiga.

Como é feito o Cálculo

  1. Calcula-se o Rendimento Anual Bruto Corrigido (RABC) do agregado familiar.

  2. Usa-se esse valor para calcular a taxa de esforço (um valor entre 15% e 30%).

  3. Aplica-se a taxa de esforço ao RABC.

  4. Divide-se esse valor por 12 para encontrar a renda base.

  5. Subtrai-se o valor da renda base ao valor da nova renda para encontrar o valor do subsídio.

Ver detalhes na ṕagina 6 do Guia Prático em http://www2.seg-social.pt/preview_documentos.asp?r=22727&m=PDF

Quem Paga

O pagamento é feito pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) através de transferência bancária.

IHRU Lisboa (sede)
Av. Columbano Bordalo Pinheiro 5, 1099-019 Lisboa
Tel: 217 231 500 / Fax : 217 260 729
Correio electrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Atendimento Geral das 9h00 às 18h00
Tesouraria das 9h00 às 16h30

IHRU Porto
R. D. Manuel II 296 - 6.º Andar, 4050-344 Porto
Tel: 226 079 670 / Fax : 226 079 679
Correio electrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Atendimento Geral das 09h30 às 12h00 e das 14h30 às 16h30

Declaração de Rendimentos - IRS

Para efeito de IRS não se declaram os valores recebidos da Segurança Social a título de subsídio de renda de casa.

Obrigações do Beneficiário

  1. Comunicar ao senhorio, no prazo de 15 dias a contar da data em que tem conhecimento, que lhe foi atribuído o subsídio de renda.

  2. Informar a Segurança Social no prazo de 15 dias se:

    • Os rendimentos do agregado familiar aumentarem 5% ou mais.

    • O agregado familiar se alterar.

    • Quaisquer alterações que modifiquem o valor do RABC.

    • Se o contrato passar para o nome de outra pessoa, caso em que o novo inquilino poderá vir a receber o subsídio se reunir as condições de atribuição indicadas acima.

Cessação de Atribuição de Subsídio

O subsídio de renda de casa termina se:

  1. O inquilino não comunicar à Segurança Social qualquer alteração que afecte o seu direito ao subsídio de renda.

  2. A pessoa que está a receber o subsídio morrer. Neste caso, se a pessoa para quem passa o contrato reunir as condições de atribuição e informar a Segurança Social, pode continuar a receber o subsídio.

Legislação Aplicável

Portaria n.º 1192-A/2006, de 3 de Novembro - Modelo Único Simplificado, através do qual senhorios e arrendatários dirigem pedidos e comunicações a diversas entidades (Finanças, Segurança Social e às Comissões Arbitrais ou às Câmaras Municipais).
Decreto-Lei n.º 156/2006, de 8 de Agosto - Coeficiente de conservação.
Decreto-Lei n.º 158/2006, de 8 de Agosto - Rendimento Anual Bruto Corrigido e atribuição do subsídio de renda.
Decreto-Lei n.º 161/2006, de 8 de Agosto - Comissões Arbitrais Municipais.
Lei n.º 6/2006, de 27 de Fevereiro - Novo Regime do Arrendamento Urbano (NRAU), que estabelece um regime especial de actualização das rendas antigas.

Fonte: http://www2.seg-social.pt/preview_documentos.asp?r=22727&m=PDF

A informação constante neste artigo é retirada e adaptada do GUIA PRÁTICO - SUBSÍDIO DE RENDA DE CASA do INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P publicado em 05 de Dezembro de 2011, pelo que a sua leitura não deve invalidar a leitura integral do guia mencionado.

Beatriz Madeira Community Builder Avatar   24.11.2016 (12:37:29)
Sim Não

Para obter mais informações sobre os programas de apoio ao arrendamento e "conseguir alguma ajuda" será necessário contactarem as entidades que têm programa de apoio ao arrendamento, como sejam as Juntas de Freguesia e Câmaras, Seg. Social, Programa Porta 65 Jovem, Portal da Habitaçã9 (http://www.portaldahabitacao.pt/pt/portal/perguntas/index.html). No topo esquerdo deste artigo, na caixa verde, existem links para os programas de que temos conhecimento, mas vocês têm de contactar as entidades...

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Maria joao Community Builder Avatar   10.11.2016 (19:22:45)
Arrendamento Sim Não

Boa noite
fui desalojada e agora estou sem casa para dormir com 2 filhos preciso de uma ajuda urgente para que possa alugar uma casa para meter os meus 2 filhos a dormir....não tenho possibilidades de suportar um valor muito alto e venho aqui para pedir ajuda,

Espero respostas

Obrigado

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   24.11.2016 (12:39:25)
Sim Não

Para obter mais informações sobre os programas de apoio ao arrendamento e obter uma solução à medida das suas possibilidades será necessário contactar as entidades que têm programas de apoio ao arrendamento, como sejam as Juntas de Freguesia e Câmaras, Seg. Social, Programa Porta 65 Jovem, Portal da Habitação (em http://www.portaldahabitacao.pt/pt/portal/perguntas/index.html). No topo esquerdo deste artigo, na caixa verde, existem links para os programas.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
jose carlos pereira Community Builder Avatar   03.11.2016 (22:40:57)
apoio a renda Sim Não

ola boa noite , gostaria de saber se tenho apoio a renda se alugar uma casa , tenho uma reforma de 500 euros e sou deficiente com 68% motor

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   24.11.2016 (12:42:45)
Sim Não

Será de contactar a Seg. Social para solicitar uma resposta, uma vez que apenas este organismo tem capacidade para responder à sua questão.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Maximiana Cabral Community Builder Avatar   26.10.2016 (14:29:26)
Ajuda de casa para arrendar Sim Não

Gostaria que me ajudassem arranjar uma casa para alugar, tenho 32 anos vivo em casa da minha mãe com o meu namorado e os meus irmãos.

 
 
       
 
Tatiana Community Builder Avatar   25.10.2016 (19:07:03)
Sim Não

Boa noite, como faço para ter ajuda na renda da casa? Sou mãe solteira , o pai da uma pensão 100€ que não chega para nada, trabalho mas o dinheiro quase não dá para tudo, tenho infantário do meu filho, tenho renda da casa água luz , garrafa de gaz tudo, calçados roupas e ainda fraldas do meu filho e toalhitas :( !
E renda de 250€ :(
Queria saber como faço para me ajudarem sou uma mãe jovem ..

 
 
       
 
susana patricia sousa ferreira Community Builder Avatar   24.10.2016 (18:54:00)
boa tarde Sim Não

SUSANA **** FERREIRA venho pedir ajuda para pagar renda a agua e luz ********* s***@***.com

 
 
       
 
Liliana Community Builder Avatar   13.10.2016 (22:22:42)
Boa noite. TenHo 21 anos e dois filhos um com 2 anos e uma com 2 semanas estou desempregada e meu marido tambem como faco para ter apoio para a renda e alimentacao Sim Não

Boa noite tenho dois filhos de 2 anos e de 2 semanas estou desempregada e meu marido tambem. Ha algum apoio para renda de casa e alimentacao?

 
 
       
 
rui carvalho Community Builder Avatar   10.10.2016 (20:20:11)
Urgencia\\Carencia|abitação Sim Não

Boas, vivo em casa dos meus sogros mais a minha namorada e a minha filha de 5 meses, queria saber o que devo fazer ou proceder, pois ambos estamos desempregados, eu estou a tirar um curso no iefp de um ano a qual só recebo 140€ e a mais nos só temos o abono da menina, não conseguimos arranjar casa na zona, pois preciso estar perto de Coimbra. os meus sogros têm a casa penhorada pelo banco, e prestes a despejo ou seja la a soloção deles a qual não me interessa, o meu sogro não quer fazer nada, e cria mau ambiente aqui em casa, eu ajudo com a agua com o pouco que recebo, dormi-mos num quarto sem condições a qual as paredes eram brancas e estão roxas da humidade, queria arranjar um lugar para nos, e para melhorar as condições da minha filha apesar de não lhe faltar nada, pois mato me para que nunca lhe falte. o ambiente aqui em casa não esta muito favorável, peço ajuda pois já não sei a quem proceder pois aqui as seguranças sociais não ajudam em nada. sou de Coimbra/Soure/granja do ulmeiro. e pouco tempo tenho durante a semana

 
 
       
 
rui miguel da silva carvalho Community Builder Avatar   10.10.2016 (20:16:35)
Urgencia/carencia/abitação Sim Não

Boas, vivo em casa dos meus sogros mais a minha namorada e a minha filha de 5 meses, queria saber o que devo fazer ou proceder, pois ambos estamos desempregados, eu estou a tirar um curso no iefp de um ano a qual só recebo 140€ e a mais nos só temos o abono da menina, não conseguimos arranjar casa na zona, pois preciso estar perto de Coimbra. os meus sogros têm a casa penhorada pelo banco, e prestes a despejo ou seja la a soloção deles a qual não me interessa, o meu sogro não quer fazer nada, e cria mau ambiente aqui em casa, eu ajudo com a agua com o pouco que recebo, dormi-mos num quarto sem condições a qual as paredes eram brancas e estão roxas da humidade, queria arranjar um lugar para nos, e para melhorar as condições da minha filha apesar de não lhe faltar nada, pois mato me para que nunca lhe falte. o ambiente aqui em casa não esta muito favorável, peço ajuda pois já não sei a quem proceder pois aqui as seguranças sociais não ajudam em nada. sou de Coimbra/Soure/granja do ulmeiro. e pouco tempo tenho durante a semana

 
 
       
 
Rui Miguel da Silva Carvalho Community Builder Avatar   10.10.2016 (20:09:49)
Ajuda urgente carencia e urgencia em abitação Sim Não

Boas, vivo em casa dos meus sogros mais a minha namorada e a minha filha de 5 meses, queria saber o que devo fazer ou proceder, pois ambos estamos desempregados, eu estou a tirar um curso no iefp de um ano a qual só recebo 140€ e a mais nos só temos o abono da menina, não conseguimos arranjar casa na zona, pois preciso estar perto de Coimbra. os meus sogros têm a casa penhorada pelo banco, e prestes a despejo ou seja la a soloção deles a qual não me interessa, o meu sogro não quer fazer nada, e cria mau ambiente aqui em casa, eu ajudo com a agua com o pouco que recebo, dormi-mos num quarto sem condições a qual as paredes eram brancas e estão roxas da humidade, queria arranjar um lugar para nos, e para melhorar as condições da minha filha apesar de não lhe faltar nada, pois mato me para que nunca lhe falte. o ambiente aqui em casa não esta muito favorável, peço ajuda pois já não sei a quem proceder pois aqui as seguranças sociais não ajudam em nada. sou de Coimbra/Soure/granja do ulmeiro. e pouco tempo tenho durante a semana

 
 
       
 
GRACA MONTEIRO Community Builder Avatar   03.10.2016 (16:03:43)
apoio ao arendamento Sim Não

Citar :

Terá de procurar a solução mais adequada, entre Junta de Freguesia, Câmara Municipal e programas governamentais. Veja as informações nas outras páginas deste artigo, cujos links estão na caixa verde no topo, à esquerda:
- Habitação social
- Programa Porta 65 Jovem
- Subsídio de Renda de Casa da Segurança Social
- Mercado Social de Arrendamento
- Lisboa - Subsídio Municipal Arrendamento
- Porto Solidário - Fundo Municipal de Emergência Social
 
 
       
 
fathya Community Builder Avatar   30.09.2016 (20:46:23)
casa alugar Sim Não

sou uma pessoa doentes , nao tenho casa e recebeste mto pouch do meu subsidio de doenca.por favor ajude a ter uma casa condigna.

 
 
       
 
Cátia Virgínia Ribeiro Da Costa Community Builder Avatar   26.09.2016 (16:24:29)
pedido de apoio á renda Sim Não

boa tarde o meu nome é Catia Virgínia ribeiro da costa venho por este meio fazer um pedido ao apoio á renda pois encontro me neste momento desempregada e não tenho possibilidades de pagar uma renda .tenho aos meus cuidados uma criança(meu filho) ao qual depende só do meu dinheiro ! quase todas as despesas que tenho com ele é com o dinheiro que supostamente deveria receber de IRS que ate á data ainda nada recebo.pedi ajudas e não obtive respostas !neste momento é me muito difícil arcar com as despesas todas peço então a vossa ajuda
cumprimentos Cátia costa

 
 
       
 
 

Smileys

:confused: :cool: :cry: :laugh: :lol: :normal: :blush: :rolleyes: :sad: :shocked: :sick: :sleeping: :smile: :surprised: :tongue: :unsure: :whistle: :wink: 

Para garantir uma resposta às suas perguntas, utilize preferencialmente o nosso fórum.
Faça login para ver mais rapidamente que o seu comentário foi publicado.
Para sua segurança, não permitimos a inclusão de dados de contacto pessoais nos comentários como endereços de correio eletrónico ou números de telefone. Para contactar outros utilizadores do site, registe-se e estabeleça uma ligação para poderem trocar mensagens.

  4000 caracteres disponíveis

Antispam Actualizar imagem Não é sensível a maiúsculas