Código do Trabalho - Artigo 252.º - Falta para assistência a membro do agregado familiar

Votos de utilizador:  / 18
FracoBom 

LIVRO I - Parte geral

TÍTULO II Contrato de trabalho

CAPÍTULO II - Prestação do trabalho

SECÇÃO II Duração e organização do tempo de trabalho

SUBSECÇÃO XI Faltas

Artigo 252.º - Falta para assistência a membro do agregado familiar

1 — O trabalhador tem direito a faltar ao trabalho até 15 dias por ano para prestar assistência inadiável e imprescindível, em caso de doença ou acidente, a cônjuge ou pessoa que viva em união de facto ou economia comum com o trabalhador, parente ou afim na linha recta ascendente ou no 2.º grau da linha colateral.

2 — Ao período de ausência previsto no número anterior acrescem 15 dias por ano, no caso de prestação de assistência inadiável e imprescindível a pessoa com deficiência ou doença crónica, que seja cônjuge ou viva em união de facto com o trabalhador.

3 — No caso de assistência a parente ou afim na linha recta ascendente, não é exigível a pertença ao mesmo agregado familiar.

4 — Para justificação da falta, o empregador pode exigir ao trabalhador:

a) Prova do carácter inadiável e imprescindível da assistência;

b) Declaração de que os outros membros do agregado familiar, caso exerçam actividade profissional, não faltaram pelo mesmo motivo ou estão impossibilitados de prestar a assistência;

c) No caso do número anterior, declaração de que outros familiares, caso exerçam actividade profissional, não faltaram pelo mesmo motivo ou estão impossibilitados de prestar a assistência.

Consulte

Histórico de alterações: Artigo 252.º - Falta para assistência a membro do agregado familiar

Índice do Código do Trabalho (Online) em vigor desde 2009 (Actualizado em 2012)


Raquel Carapinha Community Builder Avatar   02.08.2017 (12:50:14)
Gravidez de Risco Sim Não

Bom dia, Eu tenho uma gravidez de risco, além do meu marido é o único que conduz, eu não tenho condições físicas para ir sozinha às consultas. O meu marido pode por assistência á família nos dias de consulta e exames?

Atenciosamente,

 
 
       
 
CARINA COSTA Community Builder Avatar   24.01.2017 (12:48:26)
Sim Não

carolina pedroso Escreveu:

tenho o meu pai em estado critico ha 1 mes e 4 dias no hospital ja atingui o limite dos 15 dias a que tenho direito ,agora tenho mais 15 dias ,mas vou ficar sem vencimento ,gostaria de saber mais informacoes acerca disso.
 
 
       
 
Fátima Community Builder Avatar   16.12.2016 (17:26:16)
alínea b) do nº4 - declaração Sim Não

em relação ao nº4 b), que tipo de declaraçãõ˜de que o outro familiar nãõ˜faltou pelo mesmo motivo é essa? Onde se obtém? Estão a exigir-me isso embora já´tenha entregado a baixa por assitência à famíĺía. Entreguei uma declaração escrita por mim e eles dizem que não serve e que me vãõ˜descontar no ordenado os 4 dias que faltei para assitir o meu filho de 4 anos.

 
 
       
 
Maria Vinhas Community Builder Avatar   28.11.2016 (12:01:02)
apoio à familia Sim Não

A minha filha regressou o estrangeiro, onde trabalhava, para ter o filho em Portugal, e está a viver em minha casa Eu sou funcionária pública mas queria dar-lhe todo o apoio necessário porque o marido continua a trabalhar no estrangeiro e só vem a Portugal 2 dias por semana.

Obrigada

 
 
       
 
Isabel Mestre Community Builder Avatar   24.10.2016 (14:30:34)
Falta para assistência ao marido. Sim Não

Boa tarde, desejava saber a seguinte informação, o meu marido vai ser operado a uma hérnia em regime ambulatório, no proprio dia vêm para casa, mas vou ter que nesse dia e talvez mais uns dias com ele em casa, a quem é que devo pedir uma declaração para ficar com ele alguns dias em casa?Obrigada

 
 
       
 
carolina pedroso Community Builder Avatar   08.09.2016 (18:59:26)
assistencia a familia pai Sim Não

tenho o meu pai em estado critico ha 1 mes e 4 dias no hospital ja atingui o limite dos 15 dias a que tenho direito ,agora tenho mais 15 dias ,mas vou ficar sem vencimento ,gostaria de saber mais informacoes acerca disso.

 
 
       
 
josé rodrigues Community Builder Avatar   01.09.2016 (17:27:20)
assitencia a filho Sim Não

Boa tarde...o meu filho vai fazer 19 anos e vai ser operado a ambos os pés (correção de pé boto). A minha esposa trabalha por conta de outrem. Eu também trabalho por contra de outrem (estado). Tenho um outro filho de 8 anos. Neste caso tenho direito a assistência ao meu filho.... de 19 anos!!!?
Atenciosamente

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   02.09.2016 (12:53:14)
Sim Não

O número 2 do artigo 49 do Código do Trabalho em vigor, aprovado pela Lei 7/2009 de 12 Fevereiro, na redação atual (em http://sabiasque.pt/codigo-do-trabalho.html) diz que "O trabalhador pode faltar ao trabalho até 15 dias por ano para prestar assistência inadiável e imprescindível em caso de doença ou acidente a filho com 12 ou mais anos de idade que, no caso de ser maior, faça parte do seu agregado familiar.".
Poderá ver as condições de atribuição de subsídio para assistência a filho no site da Seg. Social, em http://www.seg-social.pt/subsidio-para-assistencia-a-filho

 
 
  Beatriz Madeira      
 
jose ribeiro cardoso Community Builder Avatar   03.03.2016 (15:46:14)
Falta para assistência a cônjuge reformada por invalidêz, é falta justificada? Sim Não

Falta para assistência a cônjuge reformada por invalidêz, é falta justificada?

 
 
       
 
Beatriz Madeira Community Builder Avatar   03.05.2016 (11:25:55)
Sim Não

A falta é justificada se apresentar o "papel da baixa" do médico de família ou hospital público a que tenham ido, se houve essa necessidade, ao empregador. Se não tem nenhum comprovativo da assistência à família que possa apresentar ao empregador, então será difícil que este aceite a falta como justificada.

 
 
  Beatriz Madeira      
 
Dulce Community Builder Avatar   24.02.2016 (09:28:36)
Assistência Convalescença- Mãe Sim Não

a minha mãe fraturou a tibia, esteve em convalescença no hospital
Agora vai regressar a casa precisa de alguns dias de apoio p/ vestir, alimentação, banhos.

A quem devo pedir justificação p/ falta ao meu trabalho por assistência?

Recebo ordenado completo?

 
 
       
 
Fatima Costa Felix Community Builder Avatar   10.10.2016 (20:23:17)
acompanhamento as consultas da minha mae com mobilidade reduzida Sim Não

Falta ao trabalho para acompanhamento de mãe por motivos de doença a consultas com mobilidade reduzida. Qual o seu enquadramento legal.

 
 
       
 
João Paulo Versos Silva Community Builder Avatar   18.11.2015 (17:11:53)
Falta ao trabalho para acompanhamento de mãe por motivos de doença e mobilidade reduzida. Qual o seu enquadramento legal. Sim Não

Este site constitui-se numa ferramenta importante para obtenção de informações, na falta das mesmas quando as tentamos obter da parte das instituições competentes.

 
 
       
 
lurdes cantarelo Community Builder Avatar   09.07.2015 (23:02:51)
falta para assistencia a filho pode ser descomtado Sim Não

Pode ser descontado o tempo que falto para ir com o meu filho ao medico entregando a declaração do motivo pk me ausento ao servico

 
 
       
 

Para garantir uma resposta às suas perguntas, utilize preferencialmente o nosso fórum.
Faça login para ver mais rapidamente que o seu comentário foi publicado.
Para sua segurança, não permitimos a inclusão de dados de contacto pessoais nos comentários como endereços de correio eletrónico ou números de telefone. Para contactar outros utilizadores do site, registe-se e estabeleça uma ligação para poderem trocar mensagens.

  4000 caracteres disponíveis

Antispam Actualizar imagem Não é sensível a maiúsculas