25 Abril - Revolução dos Cravos

Votos de utilizador:  / 11
FracoBom 

25 de Abril

Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

Sophia de Mello Breyner Andresen
Do livro "O Nome das Coisas" (1977)

Sobre as Músicas

Citando Sofia Rijo (em http://expresso.sapo.pt/musicas-que-marcaram-o-25-de-abril-de-1974-videos=f645222): "Músicas, senhas, sinais e cravos vermelhos - nascia há (40) anos a democracia em Portugal, e com ela a esperança que tudo pudesse mudar. (Quarenta) anos passados, ficam na memória dos mais velhos a mudança de regime, nas dos mais novos aquilo que os nossos pais, avós e professores nos contaram. Sabemos as dificuldades que passavam, e hoje sentimos na pele outras que nos fazem sentir outros sentimentos de revolta, e eventualmente pensar em outra revolução. Para mim as melhores lembranças fazem-se com notas musicais, por isso deixo alguns vídeos com músicas que nos fazem viajar até uma das maiores e melhores criações do Homem: a música.".

Para ouvir as músicas clique no respetivo título.

E Depois do Adeus

"E Depois do Adeus" foi a canção que serviu de primeira senha à revolução de 25 Abril 1974. Com letra de José Niza e música de José Calvário, a canção foi escrita para ser interpretada por Paulo de Carvalho na 12.ª edição do Festival RTP da Canção, do qual sairia vencedora. A razão da escolha desta música é clara: não tendo conteúdo político, e sendo uma música em voga na altura, não levantaria suspeitas, podendo a revolução ser cancelada se os líderes do MFA concluíssem que não havia condições efectivas para a sua realização. A transmissão de "E Depois do Adeus" pelos Emissores Associados de Lisboa às 22h55m do dia 24 Abril 1974 dava a ordem para as tropas se prepararem e estarem a postos. O sinal para a saída definitiva dos quartéis seria a emissão, pela Rádio Renascença, uma emissora católica, de "Grândola, Vila Morena" de Zeca Afonso, uma música claramente política de um autor proscrito. Isto daria a certeza de que a revolução era mesmo para arrancar.

25 de Abril - Cartaz do 1º AniversárioGrândola, Vila Morena

"Grândola, Vila Morena"' é uma canção composta e cantada por Zeca Afonso, incluída no álbum Cantigas do Maio (1971), escolhida pelo Movimento das Forças Armadas (MFA) para ser a segunda senha de sinalização da Revolução dos Cravos. A canção refere-se à fraternidade entre o povo de Grândola, vila alentejana. Às 00h20 do dia 25 Abril 1974, a canção foi transmitida pela Rádio Renascença como sinal que confirmava o início da revolução. Era a senha para o arranque definitivo e simultâneo em todo o País das operações e despoletava o avanço das forças organizadas pelo MFA. Também por isso se transformou num símbolo da revolução e do início da democracia em Portugal.

Pedra filosofal

"Pedra Filosofal" é um poema do poeta António Gedeão, publicado no livro Movimento Perpétuo, em 1956. Aproveitando a musicalidade do poema, Manuel Freire apresenta em 1969 o poema musicado, que, pelas suas características rapidamente se tornou num hino e numa bandeira da resistência contra a ditadura.

Avante camarada

"Avante Camarada" é uma canção, cuja letra e música são da autoria do compositor e intérprete Luís Cília, composta em 1967, durante o seu exílio em Paris, destinada à transmissão na Rádio Portugal Livre. A interpretação ficou a cargo de Luísa Bastos. Com direito a três edições, tornou-se uma das mais conhecidas músicas de resistência antifascista e uma espécie de segundo hino do PCP, sendo muito popular entre os seus militantes e simpatizantes.

Smileys

:confused: :cool: :cry: :laugh: :lol: :normal: :blush: :rolleyes: :sad: :shocked: :sick: :sleeping: :smile: :surprised: :tongue: :unsure: :whistle: :wink: 

Para garantir uma resposta às suas perguntas, utilize preferencialmente o nosso fórum.
Faça login para ver mais rapidamente que o seu comentário foi publicado.
Para sua segurança, não permitimos a inclusão de dados de contacto pessoais nos comentários como endereços de correio eletrónico ou números de telefone. Para contactar outros utilizadores do site, registe-se e estabeleça uma ligação para poderem trocar mensagens.

  4000 caracteres disponíveis

Antispam Actualizar imagem Não é sensível a maiúsculas